• hahha….estranho ver Deus consultando Oxalá…..
    E ele está querendo uma PICANHA! ma vá!

  • iusahdiuahsdiuhasdiusa…. praticamente um tele entrega de comida

  • hahahahaha Muito Boa, já já começam aparecer os mal humorados criticando a Picanha

  • qq hora as pessoas vao te exorcizar. hahahah mas pra mim as tirinhas mais tensas continuam sendo da charlene =X

  • FIRST!!!!

    ai que lindo, amei o oxalá!!! melhor tirinha de todos os tempos, esse trem aki merecia um livro!!!

  • Hummm, picanha no alho é td de bom né? Não dá pra resistir!

  • hehehehehehe… só Oxalá mesmo pra ajudar Deus.

  • picanha no alho. agora de uma vontaaade

  • Eu acho que essa receita não deve ficar muito saborosa…

    Muito bom Carlos =]

  • O mais legal dos coments daki eh q tem FIRST até mais do 15º coment, galera já q acham tão divertido colocar “First” (apesar de eu não entender ql a graça) pelo menos atualiza o site antes pra ver se é msm!! ¬¬ #Ficaadica

  • LOL
    Muito bom, mas…
    Opa, agora se eu voltar a acreditar nele já sei o que foi 😛
    Fiquei com fome também :SS

  • Muito boa Carlos! Parabéns pelo trabalho, adorei a gotinha, bem coisa de anime japonês.

  • Coco não tem acento :S agora cocô (fezes) tem SAUASUHSUH eca x_x

  • hahaha

    Massa.

    Mas hein, coco não tem acento não. Se bem que vita qualquer confusão com cocô seco. 😛

  • Se Deus toma cerveja no boteco dos deuses, Oxalá tem todo direito de pedir uma picanha no alho! As tirinhas estão ótimas, mas seria legal tirar o lado “macumbeiro” (esse papo de galinha preta tá saturado) e colocar mais o lado espírita (apresentar os atabaques (tambores) e outras coisas positivas da crença ao pessoal)…

  • Eu amo ler suas tirinhas. Sempre… Mas cudado pra não pegar pesado, ta bom??
    Desenhar Deus colocando búzios, e desfazendo mandiga com galinha preta é um pouco demais, neh não!!
    Respeito teu trabalho e vc é um dos poucos artistas a quem eu pediria foto e autografo.
    Deus tem coisas muito importantes pra fazer e talvez nem note suas brincadeiras, mas se Ele tirar um tempinho pra net e ver isso aki, hein? rs

    Bjo!

  • Como meu professor de português fala: “Quando o japonês me perguntava se coco tinha acento ou não, eu respondia: ‘Tome água de coco e de cocô e você nunca mais vai esquecer qual é qual’ ”
    LOLOLOL

  • Essa é boa… já vi Exú Tranca Ruas pedir Pizza de Calabreza 🙂

  • mta boa carlos, parabéns! Agora podia aparecer outros deuses da(s) crença(s) africana. Acho que dá samba..hehehe

  • eta lelê foi mt boa xD
    sahusuha
    super master a gotinha !!!
    vem cá? ele ta fazendo a compra do mês com Deus?
    husuhsahusahuuh

    \o/

    demais demais!!
    abraaaço Ruas ^^

  • ahh prefiro um peito do frango… #toulight

  • Adoro as tirinhas! Isso q é criatividade!!

    Mas Diogo (do comentário de cima), Espiritismo é outra religião. Não tem nada a ver com as religiões afro…

  • Anota aí fioo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    esse oxalá tá muitoo fraco
    ele nem fala OXE!
    cm é q pode um negócio desses hiehuehuh

  • nada do que foi dito ontem adiantou, né?

    “Picanhazinha”?

    1) no Benin-Daomé, o consumo de carne bovina era desconhecido. Consumia-se galinha d’angola, peixe, caça (veado, porco, javali) e carneiros e bodes;

    2) carne vermelha, por isso, não é de predileção de nenhum orixá. Mesmo Ogum, que come feijão preto refogado no dendê, não inclui carne;

    3) e, em relação a Oxalá, é especialmente quinzila.

    Carlos Ruas, deixe de ser preguiçoso e vá ler Verger e Bastide. Se não por mais nada, porque escrevem muito bem.

  • Muito bom, como sempre. Carlos Ruas, seria interessante você fazer um especial com os Beatles, pois é um momento oportuno e eles merecem a homenagem. O que acha?

  • outro erro crasso:

    Quem domina o jogo de Ibi (búzios) ou Ifá (mafulo), os dois oráculos da civilização nagô, é Orunmilá (que na tradição jêje é tido como uma qualidade de Oxalá comendo com Exú, equivalente a Elegbó no Ketu e Oxaguian em Angola) ou então Exú mesmo (Pierre Verger, único sujeito nas Américas autorizado a jogar Ifá, era assentado para Exú Elegbó por Mãe Senhora, no Terreiro da Casa Branca quando ainda batia nas ruinas da Igreja da Barroquinha).

    Mais interessante (inclusive porque mais irônico) seria ver o deus judaico-cristão consultando Exú para ver o oráculo.

    Oxalá tem apenas o atributo de governar com sabedoria e paz. A previsão do futuro é com os Assipás (“os não-criados”, seres equivalentes a titãs que existiam antes de Olorum criar o mundo: Orumilá é Assipá, junto com Nanã-Buruku, Omolú, Ossanha, Tempo/Irôco, Euá/Bessem/Oxum-Maré) ou com a Terceira Pessoa de Olorum: Exú.

    Laro-iê!

  • Muitoooo bom! E esse pessoal que perde tempo querendo dar aula aqui, enche o saco… liga não….ficou ótima kkkk eu ri!

  • Gostaria de adicionar algo ao que dizem todos esses profundos conhecedores das religiões:
    Deus nunca foi numa boate que tocava ‘I’m too sexy for my love’
    ¬¬

    Relaxem… isso é uma tirinha, não precisa ter homologação da comunidade internacional da verdade sobre as religiões…

  • João :Gostaria de adicionar algo ao que dizem todos esses profundos conhecedores das religiões:Deus nunca foi numa boate que tocava ‘I’m too sexy for my love’¬¬
    Relaxem… isso é uma tirinha, não precisa ter homologação da comunidade internacional da verdade sobre as religiões…

    a questão é antes de Antropologia e de conhecimentos elementares da civilização e da mitologia de que se vai tratar, do que de religião ou fé.

    Saber mais preciso sobre a Mitologia Grega, Carlos Ruas tem e faz questão de ter. Sobre a Mitologia Yorubá, pra quê, né?! Se isso não é racismo, eu também não sou bahiano…

  • Infelizmente algumas pessoas desconhecem o significado da palavra humor e ficam tentando aparecer nos comentários. A finalidade do site é divertir e não informar. Tô nem aí se Oxalá não vai em rodízio de carnes.

  • ACHO QUE O POVO TA COM “macumba braba” rsrsrs. Mto bom..

  • Rodrigo :Infelizmente algumas pessoas desconhecem o significado da palavra humor e ficam tentando aparecer nos comentários. A finalidade do site é divertir e não informar. Tô nem aí se Oxalá não vai em rodízio de carnes.

    Não. A gente entende o significado do substantivo “humor”, se vier com o adjetivo “inteligente”.

    Se orgulhar de desconhecer generalidades de uma mitologia sobre a qual se pretende fazer piada é apenas presunção de ignorância. E não gera humor – a não ser um humor francamente racista, e que não é fruto de uma tirada de inteligência.

    Sugeri aqui piadas mais inteligentes com a civilização nagô: por exemplo, Deus se consultando com Exú (de quem o jogo de búzios é atributo). Seria muito mais correto, de um ponto de vista etnografico, e muitissimo mais engraçado. Além de mais inteligente.

  • – O povinho chato nesses comentários. .-.

  • @Rodrigo

    Rodrigo :
    Infelizmente algumas pessoas desconhecem o significado da palavra humor e ficam tentando aparecer nos comentários. A finalidade do site é divertir e não informar. Tô nem aí se Oxalá não vai em rodízio de carnes.

  • Gostei da resposta do Carlos aos comentários da última tirinha eheheheh!

  • EZEGRAM :– O povinho chato nesses comentários. .-.

    Chato mesmo é alguém querer fazer piada sobre o que desconhece.

    Chato mesmo é nem se dar ao trabalho de ler um livro de estórias infantis transcritas por Pierre Verger, com ilustração de Carybé.

    No mínimo, seria uma chance de Carlos Ruas aprimorar seu traço, travando contato direto com o gênio modernista bahiano por adoção portenho de nascimento.

  • @Lucas Jerzy Portela
    Sao so tirinhas meu nao presisa ficar p%$&, sao so tirinhas, sao feitas para serem engraçadas e não totalmente reais. se fossem 100% veridicas ia presisar de muita pesquisa pro ruas fazer elas direitinhu, e em consequencia nao ia sair uma por dia.

    Alias Calcadas, ops Ruas otimo trabalho. to pensano en desenvolver um trabalho semelhante a esse.

  • Jose =] :@Lucas Jerzy Portela Sao so tirinhas meu nao presisa ficar p%$&, sao so tirinhas, sao feitas para serem engraçadas e não totalmente reais. se fossem 100% veridicas ia presisar de muita pesquisa pro ruas fazer elas direitinhu, e em consequencia nao ia sair uma por dia.
    Alias Calcadas, ops Ruas otimo trabalho. to pensano en desenvolver um trabalho semelhante a esse.

    exato. E desconhecendo a Mitologia de que querem fazer graça, elas não têm graça nenhuma.

    Só tem graça para os que, ignorando tal Mitologia, exercem na graça destas duas últimas tirinhas seu racismo, projetivamente.

    A civilização grega, tudo! Ao Reino do Daomé, ignora-se até que tinha moeda corrente (búzios e palha da costa) e estrutura bancária estatal – e que aliás nos despachos para Oxalá e Oxum Dandalunda até hoje se usa este tipo de moeda (no Brasil, nos de exú se usa dinheiro mesmo).

    Isso Verger informa a crianças de 6 anos de idade, no seu lindo Lendas Africanas dos Orixás, recolhidos em verso na Costa do Marfim. Edição bilingue (yorubá-português). Ilustração, repito, de Carybé.

    Custa ter folheado, antes?!

    (vou lembrar: eu sou ateu. Mas bahiano. Isto é: por dever cívico, um defensor da herança yorubá. Porque na minha casa, branca e aristocrata, se come carurú na Páscoa).

  • O cara conhece a mitologia grega melhor simplesmente pq até DESENHOS DA DISNEY divulgam ela, é uma questão de ser mais popular e não racismo. O que gera o racismo é essa mania de perseguição, que está fazendo com que pessoas que nem ao menos sabem a cor dos seus olhos acharem voce um pé no saco apenas por entender da religião tratada. Deixe o cara brincar, nenhum evangelico/catolico vem aqui falar que Deus jamais consultaria qualquer outra entidade para saber o futuro sendo que o mesmo é onisciente .

  • Gente, ñ quero participar de nenhuma discussão, mas só acho que não podemos levar tudooooo ao pé da letra! Não vejo nada de racismo nas tirinhas do Ruas… Quem disse que esse carinha aí é mesmo Deus? Quem disse que esse outro é Exú? Ogum? Zé? Maria? É só diversãooooo… E Ruas arrasouuuuuuuuuu!!!! (Ps.: se td q ele escreve fosse visto como racismo… tava ferrado hein amiguinho!!!)

  • Ótima tirinha!

    Reforço a crítica quanto às precisões etnográficas. Ao menos, como Judeu, não gostaria de ver uma piada que não fosse muito bem estruturada quanto a comida no Yom Kipur, ou sobre a dieta do pessach. Da mesma forma penso que não é dificil agregar as sugestões aqui oferecidas.
    Fato é que só o Carlos Ruas para misturar Oxalá com Dendê e ainda assim ficar engraçado.
    Adoraria uma séria com os mitos Nago. Seria Ilário Adão paquerando Yansã e Xangô e Ogum descobrindo, ou então Eva pegando Oxum sedunzindo Adão, isso sim seria algo engraçado!

    Parabéns

  • Odeio essas pessoas que vêem racismo até num pirulito de cereja… ¬¬

  • @Lucas Jerzy Portela
    Cara isso aqui é Quadrinhos de Humor, e Não “História dos Orixás em quadrinhos” sou do candomblé, e tô rachando de rir com essa série, deixe de ser turrão parece Crente kkkkkkkkkkk

  • pessoal complexado… eu hein…
    o cara sacaneou quase TODAS as religiões
    agora pq tá brincando com as religioes africanas vem um monte de gente chata encher o saco

    tenha auto-estima o suficiente para nao ter mania de perseguição..

  • Lucas Jerzy Portela :

    EZEGRAM :– O povinho chato nesses comentários. .-.

    Chato mesmo é alguém querer fazer piada sobre o que desconhece.
    Chato mesmo é nem se dar ao trabalho de ler um livro de estórias infantis transcritas por Pierre Verger, com ilustração de Carybé.
    No mínimo, seria uma chance de Carlos Ruas aprimorar seu traço, travando contato direto com o gênio modernista bahiano por adoção portenho de nascimento.

    Cara, voce já tentou viver? Sair de casa, curtir a vida, dar risada das coisas sem sentido? Parece que é isso que está lhe faltando. Voce falou que nada do que foi dito ontem adiantou. ISSO é óbvio, já que o Carlos faz tiras de humor não específicas para VOCE, e sim para TODOS. Não tenho o menor interesse em saber nada do que voce fala ai nos coments, então pq não escreve tudo isso num bloco de notas e quando terminar, deleta e segue sua vida? Deixa os outros se divertirem em paz pow, tu é muito chato.

  • kkkkkkkkkkkkkkk…
    Picanhazinha foi ótimo…
    Se bem que primeira vez que li o 4º quadro, me pareceu que ele pedia excrementos e não fruto de coqueiro… XD

  • Tiago :Ótima tirinha!
    Reforço a crítica quanto às precisões etnográficas. Ao menos, como Judeu, não gostaria de ver uma piada que não fosse muito bem estruturada quanto a comida no Yom Kipur, ou sobre a dieta do pessach. Da mesma forma penso que não é dificil agregar as sugestões aqui oferecidas.Fato é que só o Carlos Ruas para misturar Oxalá com Dendê e ainda assim ficar engraçado.Adoraria uma séria com os mitos Nago. Seria Ilário Adão paquerando Yansã e Xangô e Ogum descobrindo, ou então Eva pegando Oxum sedunzindo Adão, isso sim seria algo engraçado!
    Parabéns

    EXATAMENTE!

    (e não é atoa que o Governador da Bahia é judeu praticante, francófono, conhecedor de literatura árabe e persa, e filho de Oxalá. Tudo ao mesmo tempo, e com olhos azuis)

  • Gente, se o Carlos Ruas já sacaneava o Deus Judaico-Cristão, imagine então o que ele não faria com o resto!! É tudo tirinha, pra divertir! Quem não gostar, encare o Oxalá da tirinha como sendo uma dessas “Dona qq coisa” que põe anúncios pelos postes da cidade dizendo que trás a pessoa amada em 3 dias!

  • João :pessoal complexado… eu hein…o cara sacaneou quase TODAS as religiõesagora pq tá brincando com as religioes africanas vem um monte de gente chata encher o saco
    tenha auto-estima o suficiente para nao ter mania de perseguição..

    Sacanear as religiões é ótimo.

    Acontece que isso aí com o candomblé não foi “Sacanear”. Foi, justamente, não sacanear – porque falou de coisas que não existem nessa mitologia.

    É como, querendo sacanear os muçulmanos, falar de Unicornios Azuis. Sacou agora?!

  • Ismael “MadfoX” :Gente, se o Carlos Ruas já sacaneava o Deus Judaico-Cristão, imagine então o que ele não faria com o resto!! É tudo tirinha, pra divertir! Quem não gostar, encare o Oxalá da tirinha como sendo uma dessas “Dona qq coisa” que põe anúncios pelos postes da cidade dizendo que trás a pessoa amada em 3 dias!

    Acontece que ele NÃO SACANEOU o candomblé.

    O que nós, defensores da tradição ketu, queremos é ser sacaneados por Carlos Ruas.

    Mas sacaneados direito. Por que Oxalá pedindo carne vermelha não é “sacanear” – é ignorãça!

  • Lucas Jerzy Portela :
    nada do que foi dito ontem adiantou, né?
    “Picanhazinha”?
    1) no Benin-Daomé, o consumo de carne bovina era desconhecido. Consumia-se galinha d’angola, peixe, caça (veado, porco, javali) e carneiros e bodes;
    2) carne vermelha, por isso, não é de predileção de nenhum orixá. Mesmo Ogum, que come feijão preto refogado no dendê, não inclui carne;
    3) e, em relação a Oxalá, é especialmente quinzila.
    Carlos Ruas, deixe de ser preguiçoso e vá ler Verger e Bastide. Se não por mais nada, porque escrevem muito bem.

    FODA-SE… tudo invenção mesmo…

  • Don Caco :@Lucas Jerzy Portela Cara isso aqui é Quadrinhos de Humor, e Não “História dos Orixás em quadrinhos” sou do candomblé, e tô rachando de rir com essa série, deixe de ser turrão parece Crente kkkkkkkkkkk

    é que eu, apesar de ateu e talvez por isso mesmo, sou bahiano ortodoxo (e com H)

    daqueles de seguir cortejo do Dois de Julho, da Lapinha ao Carmo, todo ano de eleição.

    daqueles de chamar 1889 de golpe, e falar que a Independencia do Brasil se deu em 1823 quando acabou a Guerra Civil Bahiana. Daqueles de pular no Embolo d’Ajuda de Cachoeira todo mês de novembro – e de ver o Ilê Ayê subir o Curuzu todo sábado de carnaval, negão.

  • Sou UMBANDISTA….gente isso é só uma tirinha, nao precisa ser 100% ao certo, o engraçado está nisso……

    ETA LELE kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Thiago Genuino :

    Lucas Jerzy Portela :nada do que foi dito ontem adiantou, né?“Picanhazinha”?1) no Benin-Daomé, o consumo de carne bovina era desconhecido. Consumia-se galinha d’angola, peixe, caça (veado, porco, javali) e carneiros e bodes;2) carne vermelha, por isso, não é de predileção de nenhum orixá. Mesmo Ogum, que come feijão preto refogado no dendê, não inclui carne;3) e, em relação a Oxalá, é especialmente quinzila.Carlos Ruas, deixe de ser preguiçoso e vá ler Verger e Bastide. Se não por mais nada, porque escrevem muito bem.

    FODA-SE… tudo invenção mesmo…

    “A mitologia, contanto ficcional, representa uma consistencia de realidade interna. Não apenas como obra literária (mas também), senão como modo de comportar-se de uma civilização inteira, ou mais de uma”.

    Mircea Eliade.

    Não gousto, vai no cemitério de Perre La Chaise e cospe no túmulo do homem.

  • Yks :O cara conhece a mitologia grega melhor simplesmente pq até DESENHOS DA DISNEY divulgam ela, é uma questão de ser mais popular e não racismo. O que gera o racismo é essa mania de perseguição, que está fazendo com que pessoas que nem ao menos sabem a cor dos seus olhos acharem voce um pé no saco apenas por entender da religião tratada. Deixe o cara brincar, nenhum evangelico/catolico vem aqui falar que Deus jamais consultaria qualquer outra entidade para saber o futuro sendo que o mesmo é onisciente .

    Não só deixo ele brincar: eu QUERO QUE ELE BRINQUE.

    E sugeri boas fontes de leitura para que ele brinque de verdade, ao invés de falar coisas que não condizem com a realidade interna da mitologia com a qual ele quer brincar.

    O que ele fez foi como dizer que muçulmano adora Unicornios Verdes, e não Alah.

  • Lucas Jerzy Portela :

    Yks :O cara conhece a mitologia grega melhor simplesmente pq até DESENHOS DA DISNEY divulgam ela, é uma questão de ser mais popular e não racismo. O que gera o racismo é essa mania de perseguição, que está fazendo com que pessoas que nem ao menos sabem a cor dos seus olhos acharem voce um pé no saco apenas por entender da religião tratada. Deixe o cara brincar, nenhum evangelico/catolico vem aqui falar que Deus jamais consultaria qualquer outra entidade para saber o futuro sendo que o mesmo é onisciente .

    Não só deixo ele brincar: eu QUERO QUE ELE BRINQUE.
    E sugeri boas fontes de leitura para que ele brinque de verdade, ao invés de falar coisas que não condizem com a realidade interna da mitologia com a qual ele quer brincar.
    O que ele fez foi como dizer que muçulmano adora Unicornios Verdes, e não Alah.

    se tem uma religião que é palhaçada, essa é a candomble e tenho dito… não que todas as outras não sejam…

  • Ao Sr. Lucas Jerzy Portela;

    Faça o favor de parar de criar flame nas Tirinhas. Isto é um espaço para diversão, caso deseje discutir sua religião ou mesmo a ignorancia do resto da população sobre sua fé, vá para o seu terreiro (ou onde se pratica o culto religioso do Candomblé) ou crie um você mesmo um blog com tirinhas religiosamente corretas. Pois tenho certeza que você detestaria se eu invadisse seu ambiente de lazer para lhe ensinar as minucias da Cosmologia/História/Mitologia da minha religião.
    Ninguém aqui quer aprender, apenas rir e se divertir.

  • Parabéns, Ruas! Ótima tirinha!

    E, até onde entendi, quanto ao “Uma picanhazinha no alho”, era a mais pura ironia, visto que, creio eu, ele tenha conhecimento de que uma picanha não faria parte do cardápio de Oxalá. E, justamente por não fazer parte, ele colocou. =)

  • Felipe :
    Ao Sr. Lucas Jerzy Portela;
    Faça o favor de parar de criar flame nas Tirinhas. Isto é um espaço para diversão, caso deseje discutir sua religião ou mesmo a ignorancia do resto da população sobre sua fé, vá para o seu terreiro (ou onde se pratica o culto religioso do Candomblé) ou crie um você mesmo um blog com tirinhas religiosamente corretas. Pois tenho certeza que você detestaria se eu invadisse seu ambiente de lazer para lhe ensinar as minucias da Cosmologia/História/Mitologia da minha religião.
    Ninguém aqui quer aprender, apenas rir e se divertir.

    EU quero aprender… novas formas de zuar religiosos fanáticos =D

  • Felipe :Ao Sr. Lucas Jerzy Portela;
    Faça o favor de parar de criar flame nas Tirinhas. Isto é um espaço para diversão, caso deseje discutir sua religião ou mesmo a ignorancia do resto da população sobre sua fé, vá para o seu terreiro (ou onde se pratica o culto religioso do Candomblé) ou crie um você mesmo um blog com tirinhas religiosamente corretas. Pois tenho certeza que você detestaria se eu invadisse seu ambiente de lazer para lhe ensinar as minucias da Cosmologia/História/Mitologia da minha religião.Ninguém aqui quer aprender, apenas rir e se divertir.

    eu não tenho fé.

    Sou ateu. E filho de Oxossi. Igualzinho a Jorge Amado. Ambos somos bahianos, não por acaso.

  • @Felipe

    esqueci de elencar outra semelhança minha com Jorge Amado: ateu, filho de Oxossi, e ambos ex-alunos do Vieira – colégio jesuita bahiano conhecido por seu engajamento de esquerda e por ser desabridamente multi-religioso (a gente estudava budismo em aula de religião, por aí você tira).

  • Só eu achei que os desenhos de Deus nessas duas ultimas tiras estavam meio estranhos?

  • Vo começar a reclamar tb. Nunca li na Bíblia que Deus queria ficar com uma garota chamada Charlene na boate!!! 😛

  • HIUAHIUAHAIUHAIUAHIUA

    Não tenho fé, mas sou filho de deus… Por que isso faz todo sentido…
    Como diz o ditado: Sou ateu, graças a deus.
    Para alguém tão sendento por precisão, não ter noção do que significa ter fé é curioso.
    Já que não quer calar é hora de ouvir. XD

    A não ser que você tenha um teste de DNA do Oxossi e o RG dele, comprovando a paternidade e a existência. Você possui uma crença, que diz que sua pessoa é descende de um ser deista, existente apenas para aqueles conpartilham da mesma crença que você ou se preferir um sinonimo, da mesma “fé”.

    Jorge Amado foi apenas 1 escritor Brasileiro dentre tantos outros no país, e se torna ignobil diante o numero de tantos outros escritores no mundo. E o fato de ser bahiano só diz o Estado da federação que nasceu, não acrescentando nada a sua pessoa. A não ser que você acredite que os bahianos são melhores que o resto dos brasileiros?
    Se sim, qual livro você usa como substituto para o Mein Kampf?

  • Geniais suas tiras…simplesmente geniais..cada dia que entro aqui e vejo uma nova, reconheço seu trabalho ainda mais!

  • @Lucas Jerzy Portela
    tu deve ser do tipo que veste camisa escrito “100% negro” e acha que é racismo um branco usar uma escrito “100% branco”

    vai adorar teu deus ou seja la como tu chama e para de trolar os comentários.

  • Ai, gente chata. Ruas só quis personificar a religião do candomblé em um deus só, pq se ele fosse falar de todos, aí ele já podia mudar o assunto do blog. Simplesmente ele pegou o que é mais popular e todo mundo conhece e fundiu num [b]personagem[/b]. Ou vc acha que td o que ele disse sobre as outras religiões está certinho?
    E o fato de ele ter pedido picanha no alho no final foi uma bela alfinetada do Ruas nesses “sabe tudo”. Foi tipo “vc acha mesmo que sabem td o que queremos, gostamos”? Aprendam a entender sarcasmo.

  • Lucas Jerzy Portela :
    @Felipe
    esqueci de elencar outra semelhança minha com Jorge Amado: ateu, filho de Oxossi, e ambos ex-alunos do Vieira – colégio jesuita bahiano conhecido por seu engajamento de esquerda e por ser desabridamente multi-religioso (a gente estudava budismo em aula de religião, por aí você tira).

    Pq ao invés de estudar coisas tão inuteis como religião, vc não vai estudar algo que tenha alguma utilidade/importância real. Estudar religião é estudar hipocrisia, e não me venha com papinho de que existem ensinamentos ótimos, até existem mais o que não existe é uma interpretação correta dos “fiéis”, todo e qualquer ensinamento contido são ridiculamente distorcidos pelas pessoas que as transmitem.

    Então, vai estudar o universo, vai estudar matemática, desenvolva algo ÚTIL, religião não, faz um cursinho de como ser cara de pau/ladrão/hipócrita que vc já sabe tudo sobre religiões em geral, afinal todas tem alguma dessas “qualidades”. E não me venha com “A muleque piranha, vai te fude e não generaliza a bagaça!”, toda religião requer um mentor, um divindade ou alguma peça chave que é usada para criar uma certa segurança, que existe algo olhando, te protegendo, porém, essa mesma sensação de segurança é utilizada por terceiros para manipulação ou ganhos próprios.

    “A Biblia é uma história pra criança durmir que foi longe demais” foi uma das melhores frases que já escutei até hoje

  • marcos :@Lucas Jerzy Portela tu deve ser do tipo que veste camisa escrito “100% negro” e acha que é racismo um branco usar uma escrito “100% branco”
    vai adorar teu deus ou seja la como tu chama e para de trolar os comentários.

    não. Eu sou branco.

    Eu sou do tipo que vai ver o Ilê Ayê subir o Curuzu no sábado de carnaval e, por uma noite a cada ano, penso: “como eu queria ser negão hoje, só pra desfilar no Ilê!”.

    e sou do tipo que às vezes sai no Filhos de Gandhy, e se vê um Gandhy na avenida faz reverência, grita “Aja-iô!”, pede alfazema – e se me dão, passo na testa e na nuca, em reverência a (advinha?) Oxalufan!

    Mas, sou ateu.

  • Boa rapaz. 😀
    (Cara, eu que sou evangélico tô me rachando de rir, e tem gente levando a sério essas tiras por uma leve tirada a sua religião. Heh, se fosse eu falando algo era perigoso ser tachado de lunático-bitolado. LOL! )

  • Thiago Genuino :

    Lucas Jerzy Portela :@Felipeesqueci de elencar outra semelhança minha com Jorge Amado: ateu, filho de Oxossi, e ambos ex-alunos do Vieira – colégio jesuita bahiano conhecido por seu engajamento de esquerda e por ser desabridamente multi-religioso (a gente estudava budismo em aula de religião, por aí você tira).

    Pq ao invés de estudar coisas tão inuteis como religião, vc não vai estudar algo que tenha alguma utilidade/importância real. Estudar religião é estudar hipocrisia, e não me venha com papinho de que existem ensinamentos ótimos, até existem mais o que não existe é uma interpretação correta dos “fiéis”, todo e qualquer ensinamento contido são ridiculamente distorcidos pelas pessoas que as transmitem.
    Então, vai estudar o universo, vai estudar matemática, desenvolva algo ÚTIL, religião não, faz um cursinho de como ser cara de pau/ladrão/hipócrita que vc já sabe tudo sobre religiões em geral, afinal todas tem alguma dessas “qualidades”. E não me venha com “A muleque piranha, vai te fude e não generaliza a bagaça!”, toda religião requer um mentor, um divindade ou alguma peça chave que é usada para criar uma certa segurança, que existe algo olhando, te protegendo, porém, essa mesma sensação de segurança é utilizada por terceiros para manipulação ou ganhos próprios.
    “A Biblia é uma história pra criança durmir que foi longe demais” foi uma das melhores frases que já escutei até hoje

    Religião, na Bahia, está longe de ser inútil. Quer porque há aqui o maior patrimônio de arquitetura eclesiástica católica fora da Europa; quer porque aqui há o maior patrimônio imaterial das tradições Jêje, Ketu e Angola fora da África.

    Sua afirmação apenas mostra uma ignorância galopante a respeito do Estado que só existe para que dele o Brasil pudesse ser parido…

  • Ruas, esse povo que não tem ocupação (trabalho, faculdade, escola, casa, cachorro, filho e afins) só vêm aqui para ganhar um pouco de afeto e atenção, continua assim e espero ver oxalá no buteco dos deuses discutindo com o google… já que ele é a fonte de instrução dos desocupados daqui.

  • @Lucas Jerzy Portela

    [2] pro Yks. a gente entende seu ponto de vista, Lucas, mas não precisa debater tanto, é a vida =P

    e fiquei sabendo que Jorge Amado fez uma moça sair do nordeste pra vir atrás dele no Rio de Janeiro pra viver um grande amor e ele acabou casando com a irmã da moça, coitada… isso não se faz =P

  • Alguém pode me falar o que que esse pé no saco ta fazendo aqui ainda ??? Lucas Jerzy Portela, desencana e vai caçar o que fazer ô atoa. Entrar aqui ler uma tirinha e ir trabalhar é ótimo. Ficar lendo o que os outros escrevem pra poder ficar se “alavancando” como “conhecedor” ja é muita vagabundice. Acrescente ai em coisas em comum com sua “alma gêma” vagabundo de plantão e XATO PRA CARALHO.

  • ei turma, não esquenta. Eu ri muito e sou de candomblé..Deus se consultando com Oxalá e no jogo de búzios kkkkkkkkk

  • Felipe :HIUAHIUAHAIUHAIUAHIUA
    Não tenho fé, mas sou filho de deus… Por que isso faz todo sentido…Como diz o ditado: Sou ateu, graças a deus.Para alguém tão sendento por precisão, não ter noção do que significa ter fé é curioso.Já que não quer calar é hora de ouvir. XD
    A não ser que você tenha um teste de DNA do Oxossi e o RG dele, comprovando a paternidade e a existência. Você possui uma crença, que diz que sua pessoa é descende de um ser deista, existente apenas para aqueles conpartilham da mesma crença que você ou se preferir um sinonimo, da mesma “fé”.
    Jorge Amado foi apenas 1 escritor Brasileiro dentre tantos outros no país, e se torna ignobil diante o numero de tantos outros escritores no mundo. E o fato de ser bahiano só diz o Estado da federação que nasceu, não acrescentando nada a sua pessoa. A não ser que você acredite que os bahianos são melhores que o resto dos brasileiros?Se sim, qual livro você usa como substituto para o Mein Kampf?

    Oxossi não é deus, como nenhum orixá o é.

    Já o antropólogo Roger Bastide, professor aliás da USP, lembrava: “antes de ser uma religião, o candomblé ketu é uma teoria da personalidade e do funcionamento material da natureza”.

    Por isso que um ateu como Pierre Verger podia ser, como foi, Sacerdote de Ifá.

    Mais uma vez, a ignorânça está grassando por aqui em nome do humor. Só que pra mim humor é uma forma de saber, e não de exercer o que se ignora.

  • @Lucas Jerzy Portela
    Você já parou pra pensar que, talvez, o humor dessa tirinha esteja na geleralização de como as outras pessoas veem o Yorubá e não exatamente tentando “ridicularizar” a religião em si?

  • Concordo com o Marverick “Ficar lendo o que os outros escrevem pra poder ficar se “alavancando” como “conhecedor” ja é muita vagabundice. Acrescente ai em coisas em comum com sua “alma gêma” vagabundo de plantão e XATO PRA CARALHO.”

    PS: muito boa, eu ri muito
    ehuaheuhahhauhaheahuehau

  • Thiago Genuino :

    Lucas Jerzy Portela :
    nada do que foi dito ontem adiantou, né?
    “Picanhazinha”?
    1) no Benin-Daomé, o consumo de carne bovina era desconhecido. Consumia-se galinha d’angola, peixe, caça (veado, porco, javali) e carneiros e bodes;
    2) carne vermelha, por isso, não é de predileção de nenhum orixá. Mesmo Ogum, que come feijão preto refogado no dendê, não inclui carne;
    3) e, em relação a Oxalá, é especialmente quinzila.
    Carlos Ruas, deixe de ser preguiçoso e vá ler Verger e Bastide. Se não por mais nada, porque escrevem muito bem.

    FODA-SE… tudo invenção mesmo…

    @Thiago Genuino

    Nunca comentei aqui, mas..
    P****… Falou tudo!

  • Rafael :@Lucas Jerzy PortelaVocê já parou pra pensar que, talvez, o humor dessa tirinha esteja na geleralização de como as outras pessoas veem o Yorubá e não exatamente tentando “ridicularizar” a religião em si?

    Improvável: mais plausível que seja um misto de desprezo sulestino pela Bahia (como sempre, se usando dela quando necessário – não como a mãe que é, mas como puta mesmo) com preguiça intelectual.

  • Ahhn fala sério… aqui tem humor sim, mas também é bom um pouco de cultura… foi só um erro, e ter gente aqui para corrigir como o Lucas Jerzy Portela é sempre bom. Ignorantes são as pessoas que tratam gente que quer ensinar como “rabulgentas” e “mal-humoradas” Aqui é um lugar para se divertir e as vezes, aprender (quando vi Lilith nas tirinhas, pesquisei na net para seber quem era, e a minha prima também me ajudou).

    A tirinha para mim está ótima, parei de comentar pois entro no site de semana em semana, para poder me divertir com mais de uma tirinha. Mas acho que isso nãoinporta para ninguém : )

  • Pessoal chato do kct… Isso é uma sátira, ele não tem obrigação nenhuma de seguir a risca cada história ou tradição… inclusive já fez isso com os demais deuses….

    PS.:Ri muito nessa xD

  • @Lucas Jerzy Portela
    Então cara, simplesmente pare de ler essas tirinhas.
    Afinal são muito racistas e bla bla bla! =]
    Pronto, resolvido o seu problema!

  • @Felipe

    ser bahiano nada tem a ver com o Estado da federação em que se nasceu. talvez tenha com o que se vive.

    Por isso que o sergipano Jenner Augusto, o cearense Antonio Bandeira, o francês Pierre Verger, o carioca Vinicius de Moraes, os argentinos Carybé, Emilio Rodrigué e Ramiro Mussoto – todos eles tornaram-se Bahianos.

    Ser Bahiano é um estado de espírito, uma opção estética, talvez um dilema. Não é, jamais, uma mera referência em registro civil.

  • Melhorando minha resposta acima: Talvez esse humor não seja pra vc…

  • @Lucas Jerzy Portela
    TU É UMA ANTA MESMO… e no mínimo um gde dum vagabundo pra estar a tanto tempo monitorando o que os outros dizem pra poder replicar. Na boa, como ja foi dito esse teu “conhecimento” nada passa de um hobby, inútil pra vida no dia a dia e pra dar lição de moral também… Cria vergonha na rua cara e vai procurar algo útil pra conhecer tão bem. Física, matemática, e até história… algo útil pra poder mostrar como aconteceu e de onde veio e não essa inutilidade de ser blábláblá Jorge Amado blábláblá.

    E só pra completar… Parabéns aos seguidores de uma crença que entendem o humor como deve deve ser entendido. Uma maneira de se dar boas risadas sem preconceito, racismo ou distinções.

  • Rafael :@Lucas Jerzy Portela Então cara, simplesmente pare de ler essas tirinhas.Afinal são muito racistas e bla bla bla! =]Pronto, resolvido o seu problema!

    não costumam ser.

    Estas duas últimas involuntariamente foram racistas e bairristas, além de ignorantes.

    Quero crer que o foram involuntariamente.

  • Quando a minha religião foi zuada, eu ri numa boa, e não me importei com os erros teológicos ou com uma visão “senso comum” e genérica da minha religião. Até porque sei diferenciar humor de verdade (e para mim meu Deus nada tem em comum com o deus do site).

    E junto comigo, ateus e pessoas de outras religiões também riram.

    Pena que o mesmo não esteja acontecendo com alguns dos adeptos das crenças afro-brasileiras…

    Sabe o que eu penso? Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Na hora de zuar todo mundo gosta, mas quando se é zuado aí começam a achar ruim.

  • Jota Erre :@Lucas Jerzy Portela TU É UMA ANTA MESMO… e no mínimo um gde dum vagabundo pra estar a tanto tempo monitorando o que os outros dizem pra poder replicar. Na boa, como ja foi dito esse teu “conhecimento” nada passa de um hobby, inútil pra vida no dia a dia e pra dar lição de moral também… Cria vergonha na rua cara e vai procurar algo útil pra conhecer tão bem. Física, matemática, e até história… algo útil pra poder mostrar como aconteceu e de onde veio e não essa inutilidade de ser blábláblá Jorge Amado blábláblá.
    E só pra completar… Parabéns aos seguidores de uma crença que entendem o humor como deve deve ser entendido. Uma maneira de se dar boas risadas sem preconceito, racismo ou distinções.

    “Anta” é quem ignora o valor da prática diária multi-religiosa que a Bahia, e só a Bahia, tem.

    Confere a nós uma tolerância étnica invejada por qualquer parte do mundo – e que você acaba de mostrar que nem vislumbra o que possa ser ou significar, na prática.

  • Desisto…
    Rafael, concordo com você: Talvez esse humor não seja pra vc…[2]
    Meu horario de almoço tá no fim. Vou trabalhar.
    Tenham paciência com nosso eminho bahiano, ele precisa de atenção…

  • Esse Lucas Jerzy Portela diz que é ateu e é conhecedor de mitologias… MAs naverdade é um grande punheteiro que fica nos comentários porque não consegue arrumar mulher xD
    Ai depois vem ele respondendo com u mvocabulário mó formal dizendo “não preciso de mulher porque não sinto prazer” -q ou coisa assim sei la.
    Eu concordo no ponto de vista desse Lucas ai, mas do jeito que você comentou e comentando mais anda deixou seus comentarios vugares e te tornou em um grande cuzão .-.
    Eu não sou ateu, não sou baiano, não sou um troll sábio que fica em comentarios fazendo confusões com suas críticas… Sua critica foi boa, você entende neste assunto, mas não entende nada sobre comentarios.
    Todos tem suas opiniões, todos são diferentes e todos vão reclamar, não da para ser mudado.
    Eu acredito apenas no destino. (não é o da Marvel G_G)

  • Ana Cláudia :Quando a minha religião foi zuada, eu ri numa boa, e não me importei com os erros teológicos ou com uma visão “senso comum” e genérica da minha religião. Até porque sei diferenciar humor de verdade (e para mim meu Deus nada tem em comum com o deus do site).
    E junto comigo, ateus e pessoas de outras religiões também riram.
    Pena que o mesmo não esteja acontecendo com alguns dos adeptos das crenças afro-brasileiras…
    Sabe o que eu penso? Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Na hora de zuar todo mundo gosta, mas quando se é zuado aí começam a achar ruim.

    E eu riria, também, se a Tradição Ketu tivesse sido ZUADA.

    Mas ela não foi ZUADA.

    ela foi ignorada solenemente, e retratada a partir de preconceitos que nada tem a ver com sua realidade interna, ficcional ou não.

    O que estou pedindo é: CARLOS RUAS, ZOE A TRADIÇÃO KETU (PORQUE ISSO QUE VOCE FEZ NAO FOI ZUAR: FOI PREGUICITE AGUDA!)

    tá dificil de entender? quer que eu desenhe?

  • @Lucas Jerzy Portela

    Tu supera os limites da chatice. Parabéns campeão, o que era pra ser um debate sobre um site de humor, virou uma aula de como ser insurportável com a opinião alheia. o/

  • Dr.Fox :Esse Lucas Jerzy Portela diz que é ateu e é conhecedor de mitologias… MAs naverdade é um grande punheteiro que fica nos comentários porque não consegue arrumar mulher xDAi depois vem ele respondendo com u mvocabulário mó formal dizendo “não preciso de mulher porque não sinto prazer” -q ou coisa assim sei la.Eu concordo no ponto de vista desse Lucas ai, mas do jeito que você comentou e comentando mais anda deixou seus comentarios vugares e te tornou em um grande cuzão .-.Eu não sou ateu, não sou baiano, não sou um troll sábio que fica em comentarios fazendo confusões com suas críticas… Sua critica foi boa, você entende neste assunto, mas não entende nada sobre comentarios.Todos tem suas opiniões, todos são diferentes e todos vão reclamar, não da para ser mudado.Eu acredito apenas no destino. (não é o da Marvel G_G)

    Nem de mulher eu gosto muito.

    Já disse: sou filho de Oxossi, e honro o ori. Sou da farra, da vida, da rua; da abundância, inclusive sexual.

    Mas também do combate ético. Que estou fazendo aqui. E tal qual Odé, com uma flecha apenas, certeira.

  • “Minha crença mágica merece mais respeito que a sua”. Crianças e loucos fazem o mesmo discutindo quem tem o melhor amigo imaginário.

  • Artur :@Lucas Jerzy Portela
    Tu supera os limites da chatice. Parabéns campeão, o que era pra ser um debate sobre um site de humor, virou uma aula de como ser insurportável com a opinião alheia. o/

    Nos meios intelectuais de Salvador eu sou conhecido como “o chato necessário”.

    E com razão. Alguém tem de fazer o trabalho sujo do patrulhamento para evitar as, diria Niemeyer, “besteiras ditas com ares de coisa séria”.

    Gente há que me agradeça por isso. O Secretário de Cultura do Estado, inclusive.

  • Nossa cara, você só pode ser um bot, acabei de postar e tu ja respondeu G_G

  • Cláudio :“Minha crença mágica merece mais respeito que a sua”. Crianças e loucos fazem o mesmo discutindo quem tem o melhor amigo imaginário.

    Nenhuma crença mágica merece respeito.

    Mas se você quer fazer piada com elas, conheça-as bem. Senão é falar besteira sem graça nenhuma.

  • Filho de Oxossi é assim: rápido como flecha. ;-D
    ——-
    ashahshahshh euri
    Ele é chato mas é engraçado -q

  • Lucas Jerzy Portela :

    Ana Cláudia :Quando a minha religião foi zuada, eu ri numa boa, e não me importei com os erros teológicos ou com uma visão “senso comum” e genérica da minha religião. Até porque sei diferenciar humor de verdade (e para mim meu Deus nada tem em comum com o deus do site).
    E junto comigo, ateus e pessoas de outras religiões também riram.
    Pena que o mesmo não esteja acontecendo com alguns dos adeptos das crenças afro-brasileiras…
    Sabe o que eu penso? Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Na hora de zuar todo mundo gosta, mas quando se é zuado aí começam a achar ruim.

    E eu riria, também, se a Tradição Ketu tivesse sido ZUADA.
    Mas ela não foi ZUADA.
    ela foi ignorada solenemente, e retratada a partir de preconceitos que nada tem a ver com sua realidade interna, ficcional ou não.
    O que estou pedindo é: CARLOS RUAS, ZOE A TRADIÇÃO KETU (PORQUE ISSO QUE VOCE FEZ NAO FOI ZUAR: FOI PREGUICITE AGUDA!)
    tá dificil de entender? quer que eu desenhe?

    Mas cara, é exatamente isso que ele faza com todas religiões/cultos/crenças/mitos… humor pela generalização!
    Pelo menos é dessa forma que EU sempre vi…

  • Artur :@Lucas Jerzy Portela
    Tu supera os limites da chatice. Parabéns campeão, o que era pra ser um debate sobre um site de humor, virou uma aula de como ser insurportável com a opinião alheia. o/

    Não ofendi a opinião alheia em momento nenhum.

    Apenas disse que falta lastro intelectual nesta tira, que no entanto abunda em outras anteriores.

    Não fui o único a dizê-lo. Mesmo um leitor declaradamente judeu disse o mesmo – e se tem povo que sabe fazer humor de sua propria crença são os hebreus.

  • Cláudio :
    “Minha crença mágica merece mais respeito que a sua”. Crianças e loucos fazem o mesmo discutindo quem tem o melhor amigo imaginário.

    falou tudo cara.

  • @Lucas Jerzy Portela

    Nada contra voce nem, contra seus comentários, acho que aqui voce tem que entender que o conhecimento é importante, mas levamos muito mais em conta a diversão o ponto coloquial da questão, ninguém aqui esta interessado em conhecimento profundo.

    mas agradecemos seu interesse em tentar ajudar quanto ao conhecimento. 🙂

  • @Lucas Jerzy Portela

    Discordo. Pra mim ele zuou. Como senso comum e ignorante na sua religião, sempre acho estranho me deparar com um prato de comida no chão oferecido a entidades (ou sei lá o nome certo que se dê).

    Portanto tenho achado geniais as referências a “fome” das entidades, a elas pedirem oferendas em forma de comida, e pra mim a zuação é essa.

    Acho que você está tão preocupado em defender sua religião que não entendeu ou curtiu a piada, rsrs

    Se você é mesmo da farra e da vida, relaxa filho de Oxossi! Tenho certeza de que onde estiver, Oxossi tá rindo horrores das tirinhas do Carlos

  • @Lucas Jerzy Portela
    Nas tiras do Carlos já vi coisas “erradas” a respeito da minha religião, mas entendi o humor e continuo admirando o trabalho do autor! Cara… não gostou, não está gostando, não entra mais. Não é obrigado a gostar de uma piada que sente que não foi inteligente o suficiente ou precisa o suficiente… mas o autor não é obrigado a fazer as tiras como VOCÊ QUER, desencana!…

  • Lucas Jerzy Portela :@Felipe
    ser bahiano nada tem a ver com o Estado da federação em que se nasceu. talvez tenha com o que se vive.
    Por isso que o sergipano Jenner Augusto, o cearense Antonio Bandeira, o francês Pierre Verger, o carioca Vinicius de Moraes, os argentinos Carybé, Emilio Rodrigué e Ramiro Mussoto – todos eles tornaram-se Bahianos.
    Ser Bahiano é um estado de espírito, uma opção estética, talvez um dilema. Não é, jamais, uma mera referência em registro civil.

    Pq ao invés de vc criticar o trabalho dos outros pra tentar se promover, vc não tenta se promover com o próprio trabalho. Ah tá, lembrei vc é bahiano de espírito, não gosta de trabalhar.

    PS: aos bahianos de boa índole e trabalhadores, não se sintam ofendidos, é direcionado especificamente ao idiota do Lucas, que quer se mostrar O intelectual, por ser uma pessoa frustrada e sem sucesso, não passando de um reles ignorante que todos a sua voltao desprezam. Por isso mesmo, tem que vir criticar o trabalho dos outros pra tentar se sentir importante.
    Tenho até pena desse Lucas.

  • Caramba, como uma tirinha gerou tanta discussão… acho que ficou muito legal, e as tirinhas mostra as questões mitológicas das religiões. venho acompnhando o blog há um tempo e percebo isso, acho que é de ótimo bom humor e de grande inteligência. Na próxima faz uma pra Xangô também… ele é um dos Orixás mais populares do Brasil. Merece essa homenagem também.

    Sempre vão ter os que criticam, faz parte de qualquer trabalho. Essas tiras são uma forma sutil de ir contra os Dogmas presentes em qualquer ideologia, assim como ciência, filosofia e religião.

    Sou fã mesmo.

  • Lucas, de filho de Oxossi pra filho de Oxossi (Okê Arô):
    Relaxa, até pq se o Carlos fosse usar as tirinhas pra ensinar cultura yorubá, angola, nagô, pajelança, ou qualquer outra na íntegra, deixaria de ser engraçado e se tornaria didático, o que não é o propósito!

    Quem conhece um pouco de cultos afros sabe que a figura de Oxalá da tirinha não se assemelha a nenhum Orixá, e nenhum Guia ou entidade, e sim com uma idéia bem generalizada que se tem do todo – e aí é que está o genial, apesar de usar o nome, não ofende nem denigre a imagem de ninguém! Aí reside a genialidade do humor =)

    Saravá, e que os ânimos se acalmem (mas que as tirinhas continuem)

  • K.O.!lucas /YOUFAIL² (carlos ruas suas tirinha saum otimas!!>>nota:sempre vai ter gente do contra!relax!<<)(esse tipo d pessoas agente releva…so faz atrasar o trabalho da gente)(*.*)

  • E realmente, mostrar outros Orixás seria interessante (como já sugeriram com Xangô), quem sabe algo referente ao sincretismo existente entre os Orixás e Santos Católicos? Acho que uma crise de identidade entre Ogum e São Jorge seria bem retratada aqui…

  • Ana Cláudia :@Lucas Jerzy Portela
    Discordo. Pra mim ele zuou. Como senso comum e ignorante na sua religião, sempre acho estranho me deparar com um prato de comida no chão oferecido a entidades (ou sei lá o nome certo que se dê).
    Portanto tenho achado geniais as referências a “fome” das entidades, a elas pedirem oferendas em forma de comida, e pra mim a zuação é essa.
    Acho que você está tão preocupado em defender sua religião que não entendeu ou curtiu a piada, rsrs
    Se você é mesmo da farra e da vida, relaxa filho de Oxossi! Tenho certeza de que onde estiver, Oxossi tá rindo horrores das tirinhas do Carlos

    Não é minha religião: eu sou ateu, e “minha religião é o cinema” (diria Godard)

  • Everton :Lucas, de filho de Oxossi pra filho de Oxossi (Okê Arô):Relaxa, até pq se o Carlos fosse usar as tirinhas pra ensinar cultura yorubá, angola, nagô, pajelança, ou qualquer outra na íntegra, deixaria de ser engraçado e se tornaria didático, o que não é o propósito!
    Quem conhece um pouco de cultos afros sabe que a figura de Oxalá da tirinha não se assemelha a nenhum Orixá, e nenhum Guia ou entidade, e sim com uma idéia bem generalizada que se tem do todo – e aí é que está o genial, apesar de usar o nome, não ofende nem denigre a imagem de ninguém! Aí reside a genialidade do humor =)
    Saravá, e que os ânimos se acalmem (mas que as tirinhas continuem)

    ô, Odé, é que meu Oxossi é Bô: come com Omolu. Velho, chato, ranzinza.

  • roberto :Caramba, como uma tirinha gerou tanta discussão… acho que ficou muito legal, e as tirinhas mostra as questões mitológicas das religiões. venho acompnhando o blog há um tempo e percebo isso, acho que é de ótimo bom humor e de grande inteligência. Na próxima faz uma pra Xangô também… ele é um dos Orixás mais populares do Brasil. Merece essa homenagem também.
    Sempre vão ter os que criticam, faz parte de qualquer trabalho. Essas tiras são uma forma sutil de ir contra os Dogmas presentes em qualquer ideologia, assim como ciência, filosofia e religião.
    Sou fã mesmo.

    Na verdade, Xangô é mais prevalente no Golfo do Benin, e Oxossi no Brasil.

    Verger e Bastide explicam bem porque: lá, a noção de Estado Constituido (Xangô), que no Brasil não havia para os ketu porque eram escravos; aqui, a abundância de matas e a influência indígena dão a Oxossi uma relevância maior.

    Diria que Xangô é um orixá estático, enquanto Oxossi é sobretudo móvel.

  • Ah sim, Lucas Jerzy (isso é nome de gente?) Se vc se sentiu ofendido por Carlos Ruas ter retratado suas crenças de forma errônea. Então todos os cristãos do mundo tem que se sentir ofendido por ele ter colocado uma amante de Deus chamada Charlene. Aliás, onde ele teria encontrado referencia pra tal personagem? E isso aconteceu? Claro que não, pq os cristãos que acompanham o grande trabalho de Carlos Ruas são muito mais sábios que você, e sabem interpretar corretamente o intuito das tirinhas.
    Resumindo, retorne para sua reles insignificância.

  • Everton :E realmente, mostrar outros Orixás seria interessante (como já sugeriram com Xangô), quem sabe algo referente ao sincretismo existente entre os Orixás e Santos Católicos? Acho que uma crise de identidade entre Ogum e São Jorge seria bem retratada aqui…

    Boa!

    até porque Ogum é São Jorge no Rio, em que Oxossi é São Sebastião (e olha aí porque o Rio de Janeiro é lindo, festeiro, e meio viado…), mas na Bahia é Santo Antônio e Oxossi é São Jorge.

    Valia uma tirinha de Oxossi X Ogum disputando quem seria São Jorge de verdade.

  • Marius :Ah sim, Lucas Jerzy (isso é nome de gente?) Se vc se sentiu ofendido por Carlos Ruas ter retratado suas crenças de forma errônea. Então todos os cristãos do mundo tem que se sentir ofendido por ele ter colocado uma amante de Deus chamada Charlene. Aliás, onde ele teria encontrado referencia pra tal personagem? E isso aconteceu? Claro que não, pq os cristãos que acompanham o grande trabalho de Carlos Ruas são muito mais sábios que você, e sabem interpretar corretamente o intuito das tirinhas.Resumindo, retorne para sua reles insignificância.

    De novo: não são minhas crenças. Eu sou ateu. Eu só creio na imaterialidade da matéria na luz de uma sala escura: minha religião é o Cinema, que nem Godard.

  • Lucas Jerzy Portela :

    Marius :Ah sim, Lucas Jerzy (isso é nome de gente?) Se vc se sentiu ofendido por Carlos Ruas ter retratado suas crenças de forma errônea. Então todos os cristãos do mundo tem que se sentir ofendido por ele ter colocado uma amante de Deus chamada Charlene. Aliás, onde ele teria encontrado referencia pra tal personagem? E isso aconteceu? Claro que não, pq os cristãos que acompanham o grande trabalho de Carlos Ruas são muito mais sábios que você, e sabem interpretar corretamente o intuito das tirinhas.Resumindo, retorne para sua reles insignificância.

    De novo: não são minhas crenças. Eu sou ateu. Eu só creio na imaterialidade da matéria na luz de uma sala escura: minha religião é o Cinema, que nem Godard.

    Ou seja, cada vez menos sem sentido suas críticas.
    Aliás, já que sua religião é o Cinema, então vamos considerar que é a arte que melhor representa a realidade sempre, não é mesmo???

  • Lucas Jerzy Portela :

    Everton :E realmente, mostrar outros Orixás seria interessante (como já sugeriram com Xangô), quem sabe algo referente ao sincretismo existente entre os Orixás e Santos Católicos? Acho que uma crise de identidade entre Ogum e São Jorge seria bem retratada aqui…

    Boa!
    até porque Ogum é São Jorge no Rio, em que Oxossi é São Sebastião (e olha aí porque o Rio de Janeiro é lindo, festeiro, e meio viado…), mas na Bahia é Santo Antônio e Oxossi é São Jorge.
    Valia uma tirinha de Oxossi X Ogum disputando quem seria São Jorge de verdade.

    @Lucas Jerzy Portela
    Não vale não, pq o insignifcante de Lucas Portela, vai criticar de toda forma falando que Carlos Ruas não está retratando como deveria ser.

  • malaaandro
    esse individuo é homem ou mulher?

  • @Lucas Jerzy Portela
    Lucas, pq vc não cria um blog só seu e deixa de ficar enchendo o saco no dos outros. Reafirmo que este é um site de humor, e burrice pra mim é ficar criando confusão por causa de uma tirinha.

    Pra mim vc só tá querendo aparecer.

  • eu geralmente não comento nada, mas é foda ver um babaca querendo bancar o fodão conhecedor. é só uma piada cara foda-se que não esteja certa. aposto que quando era com a religião dos outros você riu e num ficou reclamando. peço que se juntem a campanha:

    #LucasJerzyPortelaVAITOMANOCU

  • P#$@ que saco!
    Foda-se se a sua religião foi zuada ou ignorada! Esse é um blog de humor e o que tem de ter é senso humorístico, e não chateações como vocês todos estão causando aqui.
    DAqui a pouco até o Ruas para de desenhar tiras assim.

    valor ler a tira, e rir. Se não for engraçada, nós esperamos a de amanhã.
    Que saco

  • Lucas Jerzy Portela :
    @Felipe
    ser bahiano nada tem a ver com o Estado da federação em que se nasceu. talvez tenha com o que se vive.
    Por isso que o sergipano Jenner Augusto, o cearense Antonio Bandeira, o francês Pierre Verger, o carioca Vinicius de Moraes, os argentinos Carybé, Emilio Rodrigué e Ramiro Mussoto – todos eles tornaram-se Bahianos.
    Ser Bahiano é um estado de espírito, uma opção estética, talvez um dilema. Não é, jamais, uma mera referência em registro civil.

    Eu ja vi mt gente chata nesse blog reclamando de português, tema da tira, etc…. mas esse cara supera qualquer um!!!

    O cara sofre de “malisse aguda” pqp.

  • Carlos acho que tu caiu numa pegadinha….
    A várias tiras vinham pedindo a religião afro como tema… e agora que tu botou aparecem uns afrochatos para reclamar ao invéz daqueles que postaram pedindo as tiras….

    Se pudesse postar uma imagem aqui eu colocava uma galinha com farofa e azeite de Dênde pra esse malas…

    Continue com seu trabalho e não de bola para criticas desconstrutivas que tu ta no caminho certo….

    Falow…

  • Tenho dó de você Carlos, por aguentar esses tipos de pessoas iguais ao Lucas. Fazer o que, é o que se consegue quando o tema é Religião.

  • Campanha “Lucas Jerzy Portela VAI TOMA NO CU” :eu geralmente não comento nada, mas é foda ver um babaca querendo bancar o fodão conhecedor. é só uma piada cara foda-se que não esteja certa. aposto que quando era com a religião dos outros você riu e num ficou reclamando. peço que se juntem a campanha:
    #LucasJerzyPortelaVAITOMANOCU

    Conte com meu voto! A única coisa chata que vai acontecer é o Lucas reclamar que só apareceu pinto pequeno!

  • @Lucas Jerzy Portela
    A questão cara, é que não existe exatamente definições 100% corretas sobre nenhum aspecto de religiões “africanas e afro-brasileiras”. Sempre foram passadas de forma oral entre eles e aqui dentro do Brasil. Passaram por muitas mudanças ao longo do tempo e não da pra ficar dizendo que é de um jeito ou de outro, mesmo porque isso tira o foco e o propósito dessas religiões, que é o trabalho. Pra mim, tudo o que você está fazendo aqui, é perder tempo. Sou pesquisador da área e sigo os ritos bantu-gege e achei a tirinha ótima, porque brinca com o imaginário geral das pessoas em relação a essas figuras religiosas. Não tem pra que ficar falando sobre algo além disso, não achou graça, não leia mais, mas deixe os outros rirem, não há nenhum problema nisso.

  • E eu me acho chato por conta do que posto as vezes! PQP!

  • O cabra fala de precoceito contra Bahia e no orkut dele vemos que ele odeia Jorge Amado! Hipócrita de merda!

    É só mais um comunistinha de bosta que reclama das “atrocidades imperialistas” contra o “fantástico patrimônio cultural” e se põe como defensor ardoroso de uma cultura que na verdade não é a dele, pretendendo que ela se mantenha ali preservada como uma coisa velha entocada num museu.

    Procurem-no nas comunidades dele no orkut prá trollar: http://www.orkut.com.br/Main#Scrapbook?uid=12539042300885681541

  • Lucas Jerzy Portela :

    Ana Cláudia :Quando a minha religião foi zuada, eu ri numa boa, e não me importei com os erros teológicos ou com uma visão “senso comum” e genérica da minha religião. Até porque sei diferenciar humor de verdade (e para mim meu Deus nada tem em comum com o deus do site).
    E junto comigo, ateus e pessoas de outras religiões também riram.
    Pena que o mesmo não esteja acontecendo com alguns dos adeptos das crenças afro-brasileiras…
    Sabe o que eu penso? Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Na hora de zuar todo mundo gosta, mas quando se é zuado aí começam a achar ruim.

    E eu riria, também, se a Tradição Ketu tivesse sido ZUADA.
    Mas ela não foi ZUADA.
    ela foi ignorada solenemente, e retratada a partir de preconceitos que nada tem a ver com sua realidade interna, ficcional ou não.
    O que estou pedindo é: CARLOS RUAS, ZOE A TRADIÇÃO KETU (PORQUE ISSO QUE VOCE FEZ NAO FOI ZUAR: FOI PREGUICITE AGUDA!)
    tá dificil de entender? quer que eu desenhe?

    auhauahuahauah

    Lucas DESENHA!!! Publica um livrinho “Ilustração das verdades da tradição Ketu” … Quando fizer isso pode até divulgar por aqui, metade dos leitores daqui inclusive até devem procurar ler por curiosidade…

    Mas trata o trabalho alheio com um pouquinho mais de respeito. E monta um grupo de estudos acadêmico on line se tá afim de discutir ou lecionar essa budega.

    Vai se dedicar a qq outra coisa. Mas pelo amor de qq Deus… não me dê o desprazer de ler mais comentários seus e respostas a comentários seus nos próximos quadrinhos. Eu devo ter perdido pelos menos uns 2 comentários legais das outras 2 páginas porque não tenho tempo de ler td… e não quero perder meu tempo lendo seu debate acadêmico antiético.

    Ps: se oxalá não puder consumir alguma dessas coisas pó passar pra mim… essa tirinha deu um desejo de churrasco…rsrs…

  • Carlos, por que vc não cria o Rôla de Pelúcia para babacas que nem o Lucas? Ele só vai reclamar se o mesmo tiver menos de 30 cm.

  • Háháhá, o deus aí, que admito minha ignorância, não faço a mínima ideia do nome, tá ficando exigente, acho que ele já sacou que Deus é poderoso, tem influências (dizem que, através de um carinha chamado Jesus, ele transformou água em vinho). Háháháháhá !!!
    Ideinha pro Ruas: que tal o Luci visitando essa divindade? Qual seria o problema dele? Pessoa amada? Mal olhado? Nome na boca do sapo?

  • @Lucas Jerzy Portela

    Cara, você não é ateu PORRA NENHUMA… Ser ateu é ter ausência TOTAL de crenças, você só é ateu com relação ao deus judaico-cristão, isso não é ser ateu, isso é ser “não cristão”, assim como você é “não hindú” e “não budista” e tantos outros nãos. Vai se informar sobre o que é seu ateu e não nos difame…

    Com relação aos seus oguns, oxalás, orixás, exus e toda essa bahianísse, é tudo besteira do mesmo grau, gênero e numero como as besteiras da biblia, do alcorão e afins, então não enche o saco…

  • Lucas Jerzy Portela, vc fala bonito, tem um ótimo vocabulário… não é só você que sabe falar assim, leio muito e gosto da minha religião, aliás, sou praticante de verdade, mas levo tudo no humor, que é a idéia do blog… Carlos, parabéns por sua genialidade…
    e ao lucas, acho q falo em nome de todos os amantes da arte do Carlos Ruas que te digo…. VAI TOMA NOCÚ SEU BOSTA, SE NÃO GOSTA, RISCA DA LISTA DE SITES QUE VOCÊ ACESSA, OU VAI CHORAR PRA TUA MÃE……

  • Ele é ambidestro mesmo… É todo poderoso.

    A macumba foi feita pelo Zeus e por Osíris (http://www.umsabadoqualquer.com/category/osiris/).

    Oxalá também está mandando o ateuzinho da Bahia ir prá puta que pariu porque ele tá afim de uma picanha com alho e não vai seguir o protocolo que ele quer.

  • Pqp, neguinho exagera criticando por alguns erros quanto a Oxalá…
    Po, nas tirinhas Deus toma umas e tudo.
    Sou filho de Oxalá, Oxaguian pra ser mais exato, e conheço bastante sobre ele.
    As tirinhas estão bacanas cara fiquei feliz de vc ter incluido algo da minha religião aqui.

  • Ae carlos, bem que voce poderia fazer uma sobre a religião do Maradona, algo como ele ser barrado tentando entrar no buteco dos duses, com ele argumentando ser um deus.Abraços.
    Ps:Se fizer cuidado com os pseudo-argentinos de plantão

  • Torres :
    Ae carlos, bem que voce poderia fazer uma sobre a religião do Maradona, algo como ele ser barrado tentando entrar no buteco dos duses, com ele argumentando ser um deus.Abraços.
    Ps:Se fizer cuidado com os pseudo-argentinos de plantão

    Pelé vai barra-lo na porta.

  • ja tem q fazer tirinhas com a 3º guerra mundial

  • #LucasJerzyPortelaVAITOMANOCU[3]

    Adorei a campanha XD…

    Uma sugestão de tirinha: Adão pede algo a Deus que nega, então ele pede pro Oxalá dar um jeitinho… E ainda conta vantagem depois, afinal só teve que dar uma galinha com farinha e não uma costela.

  • … e Eva poderia reaparecer depois, com alguma coisa muito melhor, se gabando prá Adão, por ter dado uma churrascada no lugar de só uma galinha com farofa!

  • PESSOAL!!!! AVISO IMPORTANTE!!!

    Enjoy the Comic, do NOT feed the troll.

  • @Rodrigo

    Besteiras da Biblia ?

    Mais respeito por favor, não meche com quem não tem nada a ver com sua discussão.

    ( Cristões )

  • Ok, eu sou Baiano e não Bahiano como alguns já citaram aqui. E nem por isso deixo de achar engraçado o fato de Ruas estar brincando com o “Deus”, ou qualquer que seja a referência religiosa que se deva adotar pra o tal ser denominado Oxalá nas tirinhas.

    Piada se faz com o que dá graça e Ruas ta sendo muito bem sucedido nas duas tirinhas nesse aspecto. Não é por que não se gosta de uma frase ou piada, que se torna passível esse tipo abordagem neste ambiente.

    Existem maneiras mais sutis, éticas e corretas de se expressar a indignação sentida pela arte exposta. Criar uma situação como a que está acontecendo aqui na lista de comentários, não vai trazer nenhuma positividade. Aposto que a maioria que leu os comentários do Lucas estão inclinado a ao invé de entender o que ele está abordando, repudiar e ter ainda mais raiva da opinião que ele está na verdade tentando defender.

    Lucas, eu entendo seu ponto de vista, porém acho que os métodos adotados para lutar pelos seus ideais estejam te atrapalhando. Talvez sugerir de uma forma mais amigável, ou expressar em particular pro Ruas a sua chateação, fossem maneiras mais interessante, na minha opinião claro, de se atingir o seu objetivo.

    Inclusive, eu acho sim que o que você defende tem sim seu valor e precisa de respeito!

    Só uma sugestão =D

    Uma boa tarde a todos!

  • Aff quanto erro de digitação… euhauheahueauh

  • existe fanático religiso em qualquer religiao…..
    dexa o cara com suas teorias da conspiração.

  • Excelente… Caramba, como tem gente chata que comenta nesse blog, o povo não consegue ver um site de humor sem ficar enchendo o saco…

  • Não sei porque… Oxalá me lembra o “Gordo bobo” do “Mundo Canibal” hoEHOehoEHOehOEHeohEOHeohEOheohEOHeohEO
    Aliás, Oxalá é abusado hein… /hmm

  • É engraçado como um mané que nunca deve ter tido namorada passa o tempo todo estudando uma coisa da qual nem acredita para dar uma de “bonzão”. Se você, meu amigo Lucas, fosse tão intelectual quanto quer ser, não estaria num site de “tirinhas equivocadas”, e sim na Wikipédia ou no CaféHistória, talvez com a Luciana Gimenez, falando de fantasminhas em janelas de prédios abandonados.

    Aliás, se você quer o respeito e o reconhecimento destes ideais que defende, deveria primeiramente respeitar o ideal do site: divertir. Se o Carlos colocou um ponto errado da religião, é melhor criticar pessoas como você, que sabem tudo sobre o assunto e discutem nos lugares errados, ao invéz de ensinar no momento certo.

    Se você quer que todos nós saibamos disso que está dizendo, ensine na escola. Se lá eu não aprendi nada sobre isso não vai ser aqui que vou buscar conhecimento.

  • Putz, houveram erros em relação aos mitos nórdicos e gregos também…Não teve preconceito não…Lembram quando discutiram quando Deus tinha dito que o céu dos deuses nórdicos era o Valhala?E a galera conhecedora replicou dizendo ser Asgard?Putz…Relaxa…Daqui a pouco o ruas vai precisar fazer um curso de teologia para escrever suas tirinhas!

  • Ruas, em primeiro lugar, parabéns pela tirinha. É clichê dizer isso? É. Mas não deixa de ser verdade. A cara que o Oxalá faz de pidão enquanto fala da picanhazinha É O MÁXIMO!

    Agora deixa eu fazer sugestões? Deixa? Deixa???
    [Ih, deixando ou não, eu falo. Sou chato. kkkkkk]

    *A discussão da picanha pode ser emendada numa tirinha próxima de um jeito bem engraçado… sei lá, algo como Oxalá admitindo “é, o pessoal acha que eu gosto de javalizinho, mas eu quero picaaaaanha!”.
    *Faz uma tirinha com Jano, o deus romano com duas faces! Ou com algum outro deus romano “de verdade”, sem equivalente grego? 😀
    *Buddha Siddharta não é um deus e todo mundo sabe disso. Mas se Darwin aparece, Einstein e Nietzsche aparecem, por que não ele? Ia ser divertido!

    [Pronto, minha chatice passou.]

    E essa série tá o máximo… ó, quero ver se vai ficar tão boa quanto a do Boteco dos Deuses!

    Abraços!
    _____________________

    @Lucas: “Ao disparar a flecha da verdade, molhe a ponta dela no mel.” – ditado budista.
    O que você fala é interessante, mas discordo que seja a ocasião ou a forma correta pra dizê-lo. Claro, isso é só minha opinião, mas pense nisso.

  • Finge que não é Oxalá, pronto, finge que é o Sr Popo do Dragon Ball que foi autorizado a fazer o que o personagem está fazendo e que é viciado em carne vermelha por que o Goku influenciou…(Pronto, agora vai vir um monte de Otaku dizer que o Goku não comia carne vermelha também, só arroz e outras comidas mais tradicionais japanesas…)

  • eu acho que deveria ter mais tirinhas do Adão,Eva e Deus juntos.são as mais legais,o site é muito legal com elas,essas do buteco dos deuses e tal eu não curto muito,e mesmo quem curte acho que ira preferir tiras do adão.

  • Caraaaaaaaaaaaaalho! Como tem cara chato nesse mundo!

    Ô amebas, isto é um site/blog de tiras de humor. Ficam aí querendo dar lição de moral e enchendo o saco pra quê? Não vai mudar em absolutamente nada a vida e muito menos a religião de vocês!

    Deixem de ser pentelhos e curtam o USQ!

    Parabéns Carlos, trabalho nota 1000 como sempre!

    Abraço aos que tem bom humor!

  • Sem purismo nem puritanismo, pessoal. Como umbandista, fiquei honrado de ver a lembrança. Parabéns Ruas!

  • bom eu gostaria de dar uma sugestão para uma tira(já que sou fã das tiras do carlos ruas)
    bom ia começar assim: deus está cuidando de um punhado de ovelhas num cercado, todo feliz, o adão tá só observando, de repente deus se distrai com uma florzinha e as ovelhas fogem…. então o adão diz: o senhor é que o meu pastor?!, a reaçao de deus fica por sua conta

  • Era a intenção deixar parecido com o Mr. Popo do Dragon Ball?
    hehe

  • Pééééraí. Então não fui só eu que achei parecido com o Sr. Popo do DBZ?
    RUAS, CONFESSA! CONFESSA QUE VOCÊ TAMBÉM É OTAKU! kkkkkkkkkk

  • me lembrou muito a animação IOS III – Falha na conexão!

    vamubaxá vamubaxá!!!

    LOL

  • Que Oxalá é o Sr. Popo eu já sabia, se bem que nunca vi o Sr. Popo jogar buzios…

    E pessoal: DON’T FEED THE TROLLS!
    Principalmente trolls baianos. Eles se acomodam e não arredam mais o pé daqui.

  • Apenas duas frases:

    #EU-ME-DIVIRTO-COM-A-IDIOTICE-QUE-APARECE-NOS-COMMENTS.
    #EU-AMO-ESSE-SITE.

  • Eu também me divirto rindo das idiotices dos coments x-x

    Eu dou risada duas vezes uma pela tirinha outra pelos coments

    Ponham uma placa:

    Don’t feed the trolls please

    =D

  • oia rapa eu nao sabia q o senhor popo de dbz era macumbeiro, bem q eu desconfiava kkk²

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    eita lele asuahsudahsudhasudhasudhsa

  • Cara muito boa!!!
    Uma sugestão…
    Faz uma do Oxalá no boteco dos Deuses!!!!
    iauhaiuahiuah
    Vai ser muito engraçado!

  • Oxalá não pode beber … usa isso para uma charges no Boteco dos Deuses.

  • muito engraçado, venho acompanhando o seu blog ja algum tempo e tenho que te dizer:
    está de parabens ;D
    boa sorte ai com as historias e tenho que admitir com o comentario acima, o Oxalá no boteco dos Deuses é uma otima ideia

  • As vezes me divirto com alguns comentários. rs

  • Adorei o Oxalá xD
    Parece o Mr. Popo do DBZ mesmo AUHAUAHUAHAUAH xD

    “ETA LELÊ!” \o/
    HAHA’ xD

  • mto bom hahahaha só deixa eu me expressar, não gosto dessas referências de gotinhas do lado 😛

    mas ta mto bom hahahha

  • Lucas Jerzy Portela :

    Everton :E realmente, mostrar outros Orixás seria interessante (como já sugeriram com Xangô), quem sabe algo referente ao sincretismo existente entre os Orixás e Santos Católicos? Acho que uma crise de identidade entre Ogum e São Jorge seria bem retratada aqui…

    Boa!
    até porque Ogum é São Jorge no Rio, em que Oxossi é São Sebastião (e olha aí porque o Rio de Janeiro é lindo, festeiro, e meio viado…), mas na Bahia é Santo Antônio e Oxossi é São Jorge.
    Valia uma tirinha de Oxossi X Ogum disputando quem seria São Jorge de verdade.

    Meio precipitado seu comentario…..na UMBANDA DA BAHIA, OGUM é SAO JORGE e Oxossi é SÃO SEBASTIAO….no RIO DE JANEIRO, OGUM É SAO JORGE (so que vestem AZUL) e OXOSSI É SANTO ANTONIO…isso tbm ocorre no KETU

  • Manda ver,mano.Não se preocupe com “tranca ruas”.Continue assim.Quanto mais tiras,melhor.Mantenha a liberdade de expressão religiosa,nem que seja pra suar a religiao.Bom humor é para os de coração aberto.Deus,seja lá qual for o nome que lhe dão,fica feliz quando seu povo é feliz.

  • Oi, leio bastante o blog mas nunca comento, resolvi dar uma olhada nos comentários, e me deparei com algo interessante sobre lucas jerzy portela.
    Lucas, entendo seus comentários e reparei que em todas as ocasiões você demonstra grande conhecimento e uma escrita em um nível altamente inteligente e formal, são ótimas características, ainda mais em um mundo ‘emburrecido’ de hoje, mas gostaria muito de lhe perguntar algo.
    Com tanto conhecimento, e tendo consciência de que este blog é voltado para o humor, porque você insiste em fazer tais comentários, com sua inteligência, você sabe que eles simplesmente são irrelevantes, e por mais que se deseje ensinar algo ou seja qual for o motivo, posso estar enganado, mas só consigo ver uma atitude um tanto soberba de sua parte, apenas me responda por que insiste tanto sobre algo tão banal em um local onde o assunto é a comédia e o humor?

  • Aquela gotinha no canto da cabeça de Oxalá, é típica de animes, para representar situações embaraçosas. Adoro!

  • Rapaz, mas esse Lucas Jerzy fez curso pra ser chato, hein? Por isso que ninguém gosta de baiano.

    (É piada, viu, Portelinha? Não fica bravo comigo não.)

  • Rodrigo :
    @Lucas Jerzy Portela
    Lucas, pq vc não cria um blog só seu e deixa de ficar enchendo o saco no dos outros. Reafirmo que este é um site de humor, e burrice pra mim é ficar criando confusão por causa de uma tirinha.
    Pra mim vc só tá querendo aparecer.

    O pior é que esse viado tem. Na falta de quem o enrabe entre um post e outro, vem trollar aqui.

  • Na verdade, Xangô é mais prevalente no Golfo do Benin, e Oxossi no Brasil.
    Verger e Bastide explicam bem porque: lá, a noção de Estado Constituido (Xangô), que no Brasil não havia para os ketu porque eram escravos; aqui, a abundância de matas e a influência indígena dão a Oxossi uma relevância maior.
    Diria que Xangô é um orixá estático, enquanto Oxossi é sobretudo móvel.

    – Pau no Cu de todos Q. você falou ae, com todo respeito é claro. SHAUSHAUSHAUSHAUSHAUHSAUH

  • Desde quando macumba vençe o Deus,Ele tem poder suficiente pra o mundo evaporar 😀

  • Esse bando de ateu que fica aí fazendo macumba pra deus u_u
    hsauhsuhauhsausah
    Esse comentário foi meramente irônico õó

  • @Marius
    Não, porque:

    1) Cinema não é arte, nem ciência, mas sobretudo uma Religião (assim diz Godard no volume 4 de Historias do Cinema);

    2) outra afirmação de Godard, anterior, se não me engano em A Chinesa: “o cinema é a maior fraude já inventada”. O cinema não pretende representar a realidade. Aliás, ele só surge como linguagem quando rompe com esta idéia documental presente nos irmãos Lumieres (vale lembrar que se a tecnica do cinematografo se deve aos Lumiere, sua gramatica não: já estava em Rodin e Monet, e vai reaparecer em Grifits inteirinha).

  • Pedro :
    @Lucas Jerzy Portela
    A questão cara, é que não existe exatamente definições 100% corretas sobre nenhum aspecto de religiões “africanas e afro-brasileiras”. Sempre foram passadas de forma oral entre eles e aqui dentro do Brasil. Passaram por muitas mudanças ao longo do tempo e não da pra ficar dizendo que é de um jeito ou de outro, mesmo porque isso tira o foco e o propósito dessas religiões, que é o trabalho. Pra mim, tudo o que você está fazendo aqui, é perder tempo. Sou pesquisador da área e sigo os ritos bantu-gege e achei a tirinha ótima, porque brinca com o imaginário geral das pessoas em relação a essas figuras religiosas. Não tem pra que ficar falando sobre algo além disso, não achou graça, não leia mais, mas deixe os outros rirem, não há nenhum problema nisso.

    Meia-verdade. Porque desde que Mãe Stela tem feito esforço por estabelecer texto, letra e teologia, isso tem mudado. E porque o levantamento etnografico de Verger e etnologico de Bastide dão conta sobejamente do recado, aliás nos dois lados do Atlantico Negro.

  • Rodrigo :
    @Lucas Jerzy Portela
    Cara, você não é ateu PORRA NENHUMA… Ser ateu é ter ausência TOTAL de crenças, você só é ateu com relação ao deus judaico-cristão, isso não é ser ateu, isso é ser “não cristão”, assim como você é “não hindú” e “não budista” e tantos outros nãos. Vai se informar sobre o que é seu ateu e não nos difame…
    Com relação aos seus oguns, oxalás, orixás, exus e toda essa bahianísse, é tudo besteira do mesmo grau, gênero e numero como as besteiras da biblia, do alcorão e afins, então não enche o saco…

    Não, querido. Eu não creio em nada. Nem mesmo em Oxossi.

    O que não impede que meu ori seja de Oxossi. Porque (leia o capitulo “A Cabeça e o Mundo”, do Prof. Dr. Roger Bastide) a atribuição de ori é, antes, uma teoria ingenua da personalidade do que um sistema de crença.

    Ou, como diz Mãe Stela: no candomblé há espaço para todos, inclusive para os que em nada crêem. É o meu caso.

  • alessandro :
    Lucas Jerzy Portela, vc fala bonito, tem um ótimo vocabulário… não é só você que sabe falar assim, leio muito e gosto da minha religião, aliás, sou praticante de verdade, mas levo tudo no humor, que é a idéia do blog… Carlos, parabéns por sua genialidade…
    e ao lucas, acho q falo em nome de todos os amantes da arte do Carlos Ruas que te digo…. VAI TOMA NOCÚ SEU BOSTA, SE NÃO GOSTA, RISCA DA LISTA DE SITES QUE VOCÊ ACESSA, OU VAI CHORAR PRA TUA MÃE……
    Falta de gentileza, aqui, logo se vê, é a regra.

    Errado sou eu que ainda trato todo mundo com urbanidade, e não soltei um único xingamento até agora.

  • Lucas Jerzy Portela :

    alessandro :
    Lucas Jerzy Portela, vc fala bonito, tem um ótimo vocabulário… não é só você que sabe falar assim, leio muito e gosto da minha religião, aliás, sou praticante de verdade, mas levo tudo no humor, que é a idéia do blog… Carlos, parabéns por sua genialidade…
    e ao lucas, acho q falo em nome de todos os amantes da arte do Carlos Ruas que te digo…. VAI TOMA NOCÚ SEU BOSTA, SE NÃO GOSTA, RISCA DA LISTA DE SITES QUE VOCÊ ACESSA, OU VAI CHORAR PRA TUA MÃE……
    Falta de gentileza, aqui, logo se vê, é a regra.
    Errado sou eu que ainda trato todo mundo com urbanidade, e não soltei um único xingamento até agora.

    Falta de gentileza, aqui, logo se vê, é a regra.

    Errado sou eu que ainda trato todo mundo com urbanidade, e não soltei um único xingamento até agora.

  • Se vc acha q a sua religião está certa e investe seu tempo e seu $$$ nela.

    Parabéns! Vc é apenas mais um que sustenta pessoas desocupadas que vivem às custas
    dessa religião.

    Nunca vi uma religião de líderes que gostam de trabalhar e de se sustentar.

    É sempre para roubar o dinheiro dos seguidores que trabalham, prestem atenção!

  • Tatiana Muniz :
    Eu amo ler suas tirinhas. Sempre… Mas cudado pra não pegar pesado, ta bom??
    Desenhar Deus colocando búzios, e desfazendo mandiga com galinha preta é um pouco demais, neh não!!
    Respeito teu trabalho e vc é um dos poucos artistas a quem eu pediria foto e autografo.
    Deus tem coisas muito importantes pra fazer e talvez nem note suas brincadeiras, mas se Ele tirar um tempinho pra net e ver isso aki, hein? rs
    Bjo!

    Para de falar merda …. isso não tem nada haver com a realidade, é um meio artistico.
    ele n sacaneia Deus, ele apenas explica a criação, e as coisas do mundo de uma forma humoristica rs

  • Tem Horas que acho q o carlos deveria bloquear comentarios de certas pessoas ¬¬”

  • ETA LELÊ! -win
    ___________________

    Putz… como pode ter gente religiosa reclamando TANTO assim desse blog… Internet é liberdade de expressão, uns gostam, outros não, sem ofensas, mas pessoas religiosas que entram aqui só para criticar, deveriam simplesmente digitar outro site e serem felizes com seus próprios gostos,sem criticar o nosso.

    Um Sábado Quaquer – FTW.

  • sobre a tirinha:

    huahuahuahauhauahuahua

    sobre os comentarios:

    ta foda em galera…

  • Salve, Ruas!!

    Eu sei que isso daria um enorme trabalho… mas controlar os comentários seria uma boa…
    não que eu goste da ideia de tolhir as possibilidades de comunicação e expressão, mas certos comentários chegam a ser ofensivos. Creio que o objetivo do seu trabalho seja promover entretenimento por meio de um humor sadio e, talvez, alguma reflexão acerca da criação. Então, comentários que fogem do intento do site poderiam ser eliminados.

    Creio no Deus que é personagem principal de suas tiras, e as acho muito boas e nem um pouco ofensivas, levo tudo com bom humor.

    Seu trabalho é ótimo, continue!!!

  • cara Sr. Popo (Oxalá) no buteco dos Dueses recebendo intidade ia ser di mais…
    abralhos povo

  • Fiquei rindo com o “Êta lelê” e a cara assustada de Deus.

    Bjs!

  • meu deus,,,,ate tibia apareceu aqui…

  • Sal a gosto?

    OBS: (todo jogador de tibia é troll)

  • Carlos Daniel de Mattos Mercer :Se vc acha q a sua religião está certa e investe seu tempo e seu $$$ nela.
    Parabéns! Vc é apenas mais um que sustenta pessoas desocupadas que vivem às custasdessa religião.
    Nunca vi uma religião de líderes que gostam de trabalhar e de se sustentar.
    É sempre para roubar o dinheiro dos seguidores que trabalham, prestem atenção!

    Talvez porque nunca tenha entrado num terreiro de candomblé. Sugiro conhecer o Afonjá, aqui no Cabula – não por acaso, o maior do mundo.

  • hahahahaha esperto esse oxalá… aproveitou pra pedir uma comidinha diferente…. pq comer só galinha farofa e azeite de dendê deve enjoar hehhehe

  • Quando vai ter tirinhas com o J.C.?

  • Olha Lucas Jerzy Portela, me desculpa a sinceridade, sou cristã e se eu sei que você é Ateu, eu li você reclamando um milhão de vezes sobre isso, mas se eu fosse reclamar do Carlos ter zuado o Deus da minha religião, sei que você não tem uma, eu iria abrir um processo por um monte de blá, blá, blá.
    Entendo que para zuar tem que conhecer, mas misturar tudo também é uma forma de humor, caso você não saiba, aqui no sudeste, todos que não conhecem o Candoblé ou o que seja (como eu), acham que é Oxalá que joga os buzios e tals, mas tudo isso se deve ao tamanho do Brasil, é impossivel alguém conhecer tudo nesse tamanho de terra.
    Parabéns aos que seguem essa religião por terem o conhecimento e a capacidade de entender a tirinha e de não ficar causando discuções inúteis 😀

    E isso é uma critica que faço a você, Lucas que se julga tão sábio, para de imitar a filosofia alheia, “minha religião é o cinema” ou se comparar com um astista como Jorge Amado, que você nem gosta (fucei no seu orkut :P) só pelo fato de serem bahianos, eu particularmente adoro Jorge Amado, acho incrivel o jeito dele de escrever, minha opinião, o com qualquer outro e repetir que o sul tem preconceito com o norte e tals, todos sabemos disso okay, quem aqui não zoa um bahiano pelo sotaque, o mesmo aconteceria ai, justamente pelo tamanho do Brasil e pelo fato de a industrialização ter ocorrido aqui no sul/sudeste obrigando a vocês nordestinos migrarem para cá e assim concorrerem conosco e consequentemente criarmos esse pré-conceito, e tudo isso tem razões históricas, por isso concordo que você deveria estudar história em vez de religião, pois a história nos faz entender como é o mundo que vivemos hoje, pois ela nos mostra os caminhos traçados pela humanidade.

    É só.. beijinhos ;*

    Escrevi demais eu sei T_T

  • Mais uma vez na polêmica da fidelidade dos conceitos das tirinhas em relação à religião, não sei se o que o Carlos colocou tá certo ou não (sou Wiccan) mas

    CARA, TU SE SUPEROU NOS 2º E 3º QUADRINHOS!!! RÍ LITROS!

  • @Lucas Jerzy Portela
    “Saber mais preciso sobre a Mitologia Grega, Carlos Ruas tem e faz questão de ter. Sobre a Mitologia Yorubá, pra quê, né?! Se isso não é racismo, eu também não sou bahiano…”

    Cada um dá mais prioridade ao estudo daquilo que acha mais interessante e no campo das mitologias isso não é diferente. Afinal, é impossível ter conhecimento igualmente profundo sobre todas as mitologias (mesmo porque, há daquelas sobre as quais se perdeu todo e qualquer conhecimento a respeito). Talvez o Carlos Ruas tenha relaxado nessa sátira das religiões afro-brasileiras, como você diz, mas é um fato que nessas tiras também está presente uma crítica sobre a generalização que se faz desse tipo de mitologia (sim, sobretudo no sul e no sudeste), crítica essa que é característica do humor do “Um Sábado Qualquer” (alguém se lembra das tiras sobre o Murano, por exemplo?). Ainda assim, isso não impede que o Ruas inclua outras personagens (como foi sugerido) e trate as mitologias afro-brasileiras de maneira mais profunda. Não acredito, no entanto, que valha a pena abrir mão dessa personagem já existente, esse Oxalá que figura nessas três primeiras tiras, já que ele tem um papel importante no tipo de humor que o “Um Sábado Qualquer” propõe.

  • Jéssica :
    Olha Lucas Jerzy Portela, me desculpa a sinceridade, sou cristã e se eu sei que você é Ateu, eu li você reclamando um milhão de vezes sobre isso, mas se eu fosse reclamar do Carlos ter zuado o Deus da minha religião, sei que você não tem uma, eu iria abrir um processo por um monte de blá, blá, blá.

    Vou repetir.

    eu não reclamei de ele ter zuado.

    reclamei de, por ignorar totalmente o assunto, NÃO TER ZUADO.

    Seria como ele dizer que o Cristianismo venera Unicornios. Não teria graça! Por que? Porque não é verdade – e o humor só tem efeito se estabelece uma relação inusitada com a verdade (Bachelard).

  • Henrique :
    @Lucas Jerzy Portela
    “Saber mais preciso sobre a Mitologia Grega, Carlos Ruas tem e faz questão de ter. Sobre a Mitologia Yorubá, pra quê, né?! Se isso não é racismo, eu também não sou bahiano…”
    Cada um dá mais prioridade ao estudo daquilo que acha mais interessante e no campo das mitologias isso não é diferente.

    Sem dúvida. Mas manda os bons modos que não se fale sobre algo que se ignora ou não se domina bem. Porque você pode passar por ridículo se o fizer.

  • Jéssica :

    E isso é uma critica que faço a você, Lucas que se julga tão sábio, para de imitar a filosofia alheia, “minha religião é o cinema” ou se comparar com um ast

    Quem te disse que me julgo sábio? Quem te contou essa mentira? Você acreditou, ainda por cima quando acaba?!

  • @Jéssica
    1) Quando Godard diz que o Cinema é uma religião, não se trata de uma “filosofia” dele. Godard rejeita metodologicamente a filosofia. Diria que isso é uma asserção analítica, sem dúvida, mas nada filosófica. É quase uma constatação de fato;

    2) quando faço minhas tais palavras eu não estou “imitando” ninguém (e se tivesse também não haveria nenhum problema moral ou intelectual nisso). Estou por um lado concordando, e por outro pondo em prática;

    3) qualquer cinéfilo digno do nome diria que o cinema é para ele uma Religião. Eu dizia isso muito antes de saber que Godard dizia. Lembro de aos 11 anos brigar com minha mãe e fazer greve de fome que ela não me deixava ir ver no cinema Cinderela, de Disney. “Você já assistiu!”, ela dizia; “Mas não em película nem no cinema”, eu retrucava. Isto é: “não consagrado, nem dentro do templo”;

    4) só Antoine Doinel me entende…

  • @Jéssica
    1) eu não acho Jorge Amado um grande escritor. 90% do tempo ele varia entre mediocre e ruim. E está muito aquem em seus melhores momentos da média de um Zé Lins do Rego, por exemplo;

    2) eu não me comparei a ele enquanto escritor (embora pudesse faze-lo e não haveria nada de reprochável nisso). Eu disse que ele era ateu e filho de Oxossi, e eu tambem sou ateu e filho de Oxossi. E que esta ambivalência é típica de intelectuais bahianos. Grandes ou pequenos intelectuais. De outrora ou de hoje em dia. É uma tradição que se mantem, e é bela;

    3) pobre de ti que não sabe interpretar um texto simples como o que digo, nem tem tradições intelectuais a que se possa filiar.

  • @Jéssica
    ” obrigando a vocês nordestinos”

    a Bahia não é historicamente nordeste. Ela ocupava até 1967 a região Leste, junto com o Rio de Janeiro, Minas e Espirito Santo. São Paulo era, então região sul.

    afirmar que a Bahia é nordeste é como chamar 1964 de Revolução. Qualquer Pernambucano (estado com que a Bahia tem enorme dívida civilizatória, e sabe disso) tem conhecimento a respeito. Basta entrar na Fundação Joaquim Nabuco e tem um paredão lá explicando porque a Bahia não era nordeste até o Golpe Militar, e não tem nenhum motivo de continuar sendo.

  • @Jéssica
    acrescente-se ainda que esta moça Jéssica escreve mal como uma javali em trabalho de parto!

    prova mor não há de que os Evangélicos não alcançam os patamares estéticos dos Protestantes Clássicos. Estes nos deram Swift, Melville, Poe; aqueles nos deram Edir Macedo…

  • SEM CONTAR QUE DAO 40 COM A HORA BONUS XD

  • A segunda coisa mais engraçada aqui depois das tirinhas são esse animais que insistem em ficar discutem kkkkkkkkkk acho que daria um livro: “Fight nos comentários de minhas tirinhas – Parte 1” (por Carlos Ruas)

  • realmente Ranieri, seria um sucesso… afinal, todo humor, não agrada 100% das pessoas, por muitas não terem a mente aberta, ou simplesmente ignorar o fato de que, nem tudo que lemos (biblia e afins) possa ser realmente o que lemos…

    Se imaginar que a 1º biblia foi realmente escrita por santos, e a “reedição” pelo primeiro politico que existiu? ai fod… tudo não?

    Bem eu curto pakas as tirinhas, não perco tempo pra criticar, como todo bom livro, existe pontos bons e ruins, e pra mim, até o momento todas foram boas… umas mais outras menos, mas ainda sim boas de se ler…

  • @Lucas Jerzy Portela
    cara você reclamou um milhão de vezes de ele ter igonorado a crença no quadrinho, olha filho, eu entendo o que você quis dizer, só disse para você parar de ficar usando frases (está bom frases para você?) dos outros, tipo, crie a sua (Y) e alem disso, gosto cada um tem o seu, eu gosto de Jorge Amado acho atual as obras dele, assim como eu também gosto de Machado de Assis que tantos reclamam e ao mesmo tempo José de Alencar, mas eu não nego que eu gosto de Douglas Adams e Harry Potter, eu assumo o que eu gosto, se você não gosta problema seu, outra não sou evangélica, sou católica, acho que é meio idiota você atribuir (generalizar) uma religião para um cristão, primeiro pergunta qual é tá? 😀

    Eu sei que você escreveu que ele não respeitou a mitologia, se você tivesse lido com mais atenção o outro paragrafo, teria entendido, que em nenhum momento eu escrevi eu eu não entendi o seu ponto de vista, eu escrevi que “Entendo que para zuar tem que conhecer, mas misturar tudo também é uma forma de humor”, mesmo você dizendo que não se compara com José de Alencar, você se compara sim “Eu disse que ele era ateu e filho de Oxossi, e eu tambem sou ateu e filho de Oxossi. E que esta ambivalência é típica de intelectuais bahianos. Grandes ou pequenos intelectuais. De outrora ou de hoje em dia. É uma tradição que se mantem, e é bela;” , usa ele como parametro para mostrar o qual intelectual você é 😀
    E outra você pode até não se julgar sábio (não ter escrito isso), mas a forma com que você escreve faz parecer que você é realmente muito metido a sabichão ^^’
    Se você não gostou do que a Javali aqui escreveu, e já que eu escrevo tão mal assim… não leia, melhor para mim que não tenho que ler respostas repetidas e para você que pode fazer mais uma de suas criticas destrutivas a tirinha, e outra mesmo que a Bahia não seja históricamente nordeste, hoje ela é 😀
    Se você tivesse abortado melhor o seu ponto de vista ninguém aqui estaria discutindo com você sobre isso. Por que as vezes a verdade tem que ser polida pois ela machuca tanto quanto a mentira.
    Ah, eu não sei interpretar textos me desculpa mesmo, eu me sinto muito arrependida por isso é sério 😀

    Atenciosamente Javali [^_^]

  • shauhsuahsuahusa
    não vou mais ler os comentários, sério
    sempre achei que tinha algo de util em saber a opinião das pessoas, mas algumas pessoas aqui insistem em discutir ao invés de expressar sua visão de uma forma inteligente
    pra mim essas pessoas que insistem em retrucar os comentários e que trazem sempre a mesma ladainha todo post estão procurando auto-afirmação e atenção. (troll carente)
    E nem vou perder meu tempo citando nomes aqui, a certeza que fica é: quem reclamar é pqe a carapuça serviu.
    No mais, muito engraçado Ruas, continue assim (y)

  • SHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUHASUHAUS

    muito bom a picanhazinha MUAHAHAHAHAHA

    ADOREIIIIIIIII rachei aki kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    e Oozi liga pra esse povo não eles nao sabem o que é uma satira kkkkkkkkkkkkk

  • @Lucas Jerzy Portela
    Se você está defendendo a sua religião existem 3 possibilidades:

    1. Vc ñ contribui com um centavo e nem ajuda em nada

    2. Vc vive as custas dessa religião

    3. Vc ñ sabe que o dinheiro, doações, ajuda e tempo dedicado servem na verdade
    para sustentar a própria estrutura do templo e das pessoas que vivem dele.

  • Pingback: Macumba braba | Sem Radar

  • @Lucas Jerzy Portela

    Em algum momento eu disse que você deixou ou não de respeitar a opinião alheia?
    Eu disse que tu é um saco com a opinião alheia, tem que dar pitaco em qualquer coisinha que é falada aqui.
    Velho, quer ser professor, vai pra sala de aula, na boa, tem gente que não mereçe gente mala.
    E deixe as pessoas com as suas besteiras ditas. É melhor do que sermão de gente chata.

  • @Lucas Jerzy Portela

    Então vc é doido filho, pq uma hora diz que é filho de Oxossi, depois diz que não tem religião. Me desculpe a sinceridade, mas tudo que está relacionado com fé é religião.

    Eu tô é achando que vc é troll, tá aqui pra chamar atenção. Tá feliz com toda a atenção que teve? Então agora vai arrumar algo de útil pra fazer.

    Caso vc responda, nossa conversa acabou, minha paciência já se foi.

  • A Jéssica gosta de Douglas Adams. Ganhou.

  • Gostei do “êta lelê”= Ótimo
    caso não seja incômodo, gostaria que fizesse mais tirinhas sobre o “Deus Metal”, eu curti.
    Sucesso!

  • chorei de rir no ETA LELE!
    ahsuasuuhsushaus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *