Aaaaah… Os ortodoxos.

Judeu ortodoxo se cobre com plástico para evitar cemitério

 

judeu

Conforme a tradição, eles não podem visitar cemitérios e, como o trajeto da aeronave passa por cima de campos santos, o homem não poderia ter nenhum tipo de contato com tais locais.

Por isso, a sacola plástica funcionaria como um “invólucro”, e manteria o sacerdote puro.

 

Psicanalista lança manual de sexo para ultraortodoxos

 

judeu2

Meninos e meninas ultraortodoxos estudam em escolas separadas com pouca ou nenhuma educação sexual e têm pouca interação com o sexo oposto até a noite do casamento, em que espera-se que consumam a união.

O contato físico entre homens e mulheres – até mesmo um simples apertar de mãos – só é permitido entre marido e esposa ou entre parentes próximos. Acesso a filmes e à internet é geralmente restrito.

Sexo é um assunto delicado, mas entre judeus ultraortodoxos pode ser mais sensível ainda. Um terapeuta em Jerusalém elaborou um manual de sexo específico para esta comunidade.

“O sexo só é apropriado no contexto de casamento”, diz Ribner. “Mas ninguém fala sobre assunto, tornando o diálogo algo muito difícil”.

 

Fonte: http://g1.globo.com

 

  • Ah, claro. Prefiro correr o risco de morrer por asfixia a sobrevoar um cemitério. Genial, essa solução, SQN.

  • Dá p/ escrever esse manual do sexo completo em um panfleto! =D

  • @reinaldo

    O mundo sempre foi louco, a vantagem é que a gente só presencia uns 80 anos de loucura mais ou menos.

  • Queria saber o que ele iria dizer se o avião caísse no cemitério e ele fosse o único a sobreviver. 😛

  • Será que vem com uma bombinha de ar?

  • @Leo
    claro que uma camada fina de plastico salvaria ele, de jeito nenhum ele iria morrer por asfixia ‘.’

  • Acredito que a carcaça do avião já isolaria bem melhor que este plástico, se houvesse qualquer lógica nisso tudo…..

  • Então e por isso que a maioria dos judeus ortodoxos andam com cara de quem perdeu o gato atropelado.

  • Acho q aqui onde moro, Antuérpia na Bélgica fica uma das maiores comunidades de judeus ortodoxos… Não acreditei qndo me disseram q as mulheres usavam perucas pq raspavam a cabeça… Fora o chapéu q os homens usam q mais parece um xaxim… Eles são mto diferentes e fechados…

  • O avião não é hermeticamente fechado? Isso não é mais eficaz que o plástico?

  • O saco plástico é porque ao entrar em um local impuro deve-se estar coberto por duas camadas, no caso o avião é a primeira, o saco plástico seria a segunda. A proteção no caso é para ele não ficar impura. Parece exagerado, mas a lógica é essa. Fazemos isso também quando temos algum ítem de comida na bolsa e vamos entrar em um cemitério. A bolsa vai ser uma camada, mas uma fruta, por exemplo, vai ser colocada em uma outra embalagem além da bolsa.

    Quanto as mulheres. Elas não raspam o cabelo, apenas cobrem com um lenço, chapéu ou peruca. A idéia é que o cabelo é algo sensual na mulher e assim estará guardado para o marido. É até uma idéia bem bonita…

  • Religião é, em um termo geral, difícil de se entender e explicar. Todas, ou a maioria delas dita regras (doutrinas) que quando pela primeira vez, principalmente por aquele que segue uma religião alheia, chega a ser algo diferente demais, anormal, bizaro, motivo para piadas.
    Pode parecer estranho não poder ter contato com cemitério, ou até mesmo precisar de duas camadas de proteção para passar por um, mas é a doutrina deles.
    Imagine dizer a um chinês que eu como católico adoro um Deus único e me ajoelho diante de uma imagem horrenda de meu Deus ensanguentado quase que mutilado e pregado à uma cruz. Sem falar que simulamos em um “culto santo” comer a carne de nosso Deus e beber seu sangue. Cá entre nós, isso é bizarro até pra mim. É importante lembrar que o que eu disse foi um exemplo, não sou católico e muito menos pratico essa religião.

  • Déobra escreveu: “A idéia é que o cabelo é algo sensual na mulher e assim estará guardado para o marido. É até uma idéia bem bonita…”
    O mais comum é estar desleixada para o marido e arrumada para todas as pessoas na rua…
    Não tem uma opção fora deses extremos?

  • @Andreóide
    cara, concordo com vc… para ter duas opiniões diferentes basta ter duas pessoas… o que é bizarro para um não é para o outro… pra mim a estória do papai noel é muito mais tranquila de pensar na hipótese do que a estória bizarra do deus que a bíblia conta…

  • @Ricardo B
    É um exemplo, e acima tudo, uma opinião.

    ps. Faltou uma palavra no meu último “coment”.

    Religião é, em um termo geral, difícil de se entender e explicar. Todas, ou a maioria delas dita regras (doutrinas) que quando VISTAS pela primeira vez, principalmente por aquele que segue uma religião alheia, chega a ser algo diferente demais, anormal, bizaro, motivo para piadas.

    Destaque da palavra adiciona em CAPS.

  • @Andreóide
    E é por isso que eu virei ateu. Ao contrário do que as pessoas pensam, eu já TENTEI MUITO ser religioso. Tentei estudar várias religiões diferentes, e na minha humilde opinião, todas as religiões são excêntricas demais para serem levadas à sério.

  • Huh, o meio termo eh co o tu escolhe seguir. Nao precisa ficar desleixada. Escolhe como o fazer….

  • Religião = Insanidade,esquizofrenia e varios tipos de problemas mentais transformados em virtudes!!

  • @Debora
    A unica coisa que eu não entendi é porque proteger a comida? Não é suficiente cobrir só o corpo?

  • LollyDerp
    São coisas diferentes. Talvez a explicação fique longa…
    O terceiro patriarca do povo judeu, Yaakov, teve 12 filhos. Os filhos dele deram orígem ao povo judeu. Por causa disso quando o povo judeu saiu do Egito, haviam 12 tribos, que eram os descendentes de cada um dos irmãos. Uma dessas tribos ganhou a tarefa de trabalhar no tabernáculo e depois no Templo de Jerusalém. Além disso, Aaron, irmão de Moshe, e seus filhos se tornaram os sacerdotes do povo judeu. A partir daí, cada judeu pode ser Israel (que pertence a uma das tribos), Levi (aqueles que trabalham no templo, são os descendentes de Levi) ou Cohen (que são os sacerdotes). Quando existe o Templo de Jerusalém os sacerdotes tem diversos trabalhos para realizar e para isso eles precisam estar puros. Puro quer dizer, entre outras coisas, que não teve contato com um morto. Por isso é proibido a um sacerdote que va ao cemitério. Existe uma discussão sobre o que fazer quando tu passa sobre um cemitério, em uma ponte, por exemplo. O caso do avião que passou por cima de um cemitério é um detalhismo sem sentido, quase, porque provavelmente ele estava mais longe do cemitério por cima do que ele fica geralmente quando ta no chão, ele deve passar mais perto de cemitérios na cidade. Mas, ele e o rabino dele decidiram, então o cara tomou essa atitude.
    Não existe realmente um problema em entrar com comida no cemitério. Não é proibido. Mas, por precaução, por o cemitério ser um local onde estão aquelas almas que ainda tem muita ligação material e por ser um lugar impuro, existem aqueles que aconselham a cobrir a comida duas vezes. Na verdade sempre que tu vai colocar comida em um local incerto, tu cobre ela duas vezes para proteger. Eu imagino que foi de onde ele tirou a ideia de se cobrir duas vezes no voo.

  • È difficile trovare persone competenti su questo argomento, ma sembra che voi sappiate di cosa state parlando! Grazie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *