Bolaños, o santo do humor!

Dizem que a hora do almoço é uma hora sagrada. Enquanto eu almoçava, a hora do Chaves era uma hora sagrada. Bolaños encantou diferentes gerações, trazendo alegria para dentro dos lares. Eternizou personagens no sorriso de cada criança, que ao crescer continua jovem ainda. Hoje Bolaños descansa ao lado dos Deuses da comédia, e essa é a minha homenagem ao Santo Bolaños, o santo do humor!

2553

Mais sobre: Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *