Quem já enjoou de “The Sims” não pode culpar Deus

Criar sempre é a melhor parte do jogo. Quando bater o tédio, é só jogar um meteoro e começar de novo.



 

Lembra do jogo “The Sims”? Na primeira etapa, criar o personagem e a sua casa era a parte mais divertida. Já a segunda etapa era o jogo da vida: conviver com vizinhos, socializar, crescer na carreira, ganhar pontos… Depois que essas fases passam, o jogo começa a enjoar e restam duas alternativas: seu personagem vira um serial killer e mata a vizinhança ou você inicia um novo jogo.

No caso de Deus, as duas opções já foram selecionadas. É divertido criar um mundo com Adão e Eva, luz, natureza, animais… Mas, e depois? No oitavo dia, tudo está pronto, o tédio aparece e a mesmice impera, porque jogar não é tão legal quanto criar. Então, você começa a transformar as pessoas em estátuas de sal, manda uma baleia engolir Jonas, joga pragas e mata primogênitos. Mas, como o tédio continua, não resta outra escolha senão o extermínio. Na sua biografia autorizada, mais conhecida como Bíblia, Deus não disfarça e assume a autoria do dilúvio, o maior genocídio da humanidade (genocídio este contado até em livros infantis). Bem, não dá para culpá-lo… Quem nunca enjoou de um jogo, que atire a primeira pedra.

 

Quando você tem tudo, acaba não batalhando por nada. Buda, por exemplo, tinha tudo, e só encontrou a felicidade quando conseguiu ter nada. Já Deus tem tudo, pode tudo, sabe tudo… logo, eu lhe pergunto: qual a graça de viver, então? A única saída viável que vejo para quem tem tudo e nunca batalhou por nada é o entretenimento, a maior válvula de escape para o tédio. Apesar de ser um tabu para as criaturas, o humor é de extrema importância para o criador

As pessoas, no geral, acham que humor e religião não se misturam. Para mim, se não fosse a comédia de nossas vidas, Deus já teria nos dedetizado faz tempo. Para que ele vai atender a sua reza, melhorando as coisas, se é exatamente o oposto que o entretém? Quer acabar com a novela do nosso senhor? Pode ser desconfortável para gente, mas para quem assiste… Aaaaah, minha filha, é diversão por milênios. Tô errado? BBB sem confusão não dá ibope. Então, sorria, pois a desgraça da sua vida é a “Sessão da tarde” de Deus e contribui para evitar a extinção de sua espécie. Que orgulho! Pense nisso antes de se sentir insignificante.

Os dinossauros estão aí como prova do tédio divino; a evolução é o lápis de Deus, e o asteroide é a borracha. Portanto, viva a sua vida, todas as tragédias e comédias que fazem parte dela e mantenha o seu Deus entretido! 

O Pai estará on

Se você vivesse por 5 mil anos, qual seria a sua religião?

Você é desafiado ou desinteressado?